segunda-feira, 24 de abril de 2017

Tricotar Suéteres Para Galinhas Poedeiras ??

Galinhas de suéteres - Parece piada, mas há quem invista na ideia e colha bons resultados. 

A ação gera proteção contra o frio e aumento na produção de ovos.


Um grupo de aposentadas de um asilo nos Estados Unidos, se uniu para uma causa que ninguém sabia que existia: proteger galos e galinhas do frio durante o inverno. E como elas fizeram isso? Produziram suéteres de tricô para os galináceos.
Galinhas de suéteres - Parece piada, mas há que garanta que a ação gera proteção contra o frio e aumento na produção de ovos.
Um grupo de aposentadas de um asilo em Massachusetts, Estados Unidos, se uniu para uma causa que ninguém sabia que existia: proteger galos e galinhas do frio durante o inverno. Elas produziram suéteres de tricô para os galináceos.
“Nem nos meus sonhos mais loucos eu pensei em tricotar suéteres para galinhas”, disse Barbara Widmayer, de 76 anos, uma das aposentadas, à CBS News.

As galinhas contempladas são criadas em uma propriedade vizinha para um fundo de caridade. E, segundo os administradores do local, a produção de ovos multiplicou-se desde a chegada dos agasalhos.
Galinhas de suéteres - Parece piada, mas não.
As galinhas contempladas são criadas em uma propriedade vizinha e pertencem a um fundo de caridade. A porta-voz local disse que a produção de ovos multiplicou-se desde a chegada dos agasalhos.
Segundo ela, algumas galinhas se preparam para o frio trocando de penas, mas outras, principalmente raças importadas de países tropicais, não têm a mesma programação biológica.
Segundo ela, algumas galinhas se preparam para o frio trocando de penas, mas outras, principalmente raças importadas de países tropicais, não têm a mesma programação biológica.
Galinhas de suéteres - Parece piada, mas não.
(Fonte:https://www.surrealista.com.br/2017/03/aposentadas-tricotam-sueteres-para-galinhas-com-frio-e-producao-de-ovos-aumenta/)

A ideia é um ótimo modo de unir o frio à falta do que fazer. Nada prático mas bem positivo. Afinal, qualquer um produz mais e melhor quando em boas condições de saúde e conforto, sejam humanos ou não. E ainda serve de terapia ocupacional para as idosas.

Mas se a moda pega, vai faltar tricoteiras e lã pra agasalhar toda a bicharada! 


A ideia é um ótimo modo de unir o frio à falta do que fazer. Nada prático mas bem positivo. Afinal, qualquer um produz mais e melhor quando em boas condições de saúde e conforto, sejam humanos ou não. E ainda serve de terapia ocupacional para as idosas.  Mas se a moda pega, vai faltar tricoteiras e lã pra agasalhar toda a bicharada!
Se a moda de agasalhar animais pega, vai faltar tricoteiras e lã pra agasalhar toda a bicharada!


A ideia é um ótimo modo de unir o frio à falta do que fazer. Nada prático mas bem positivo. Afinal, qualquer um produz mais e melhor quando em boas condições de saúde e conforto, sejam humanos ou não. E ainda serve de terapia ocupacional para as idosas.  Mas se a moda pega, vai faltar tricoteiras e lã pra agasalhar toda a bicharada!
Galinhas de suéteres - Parece piada, mas não.


A ideia é um ótimo modo de unir o frio à falta do que fazer. Nada prático mas bem positivo. Afinal, qualquer um produz mais e melhor quando em boas condições de saúde e conforto, sejam humanos ou não. E ainda serve de terapia ocupacional para as idosas.  Mas se a moda pega, vai faltar tricoteiras e lã pra agasalhar toda a bicharada!
Galinhas de suéteres - Parece piada, mas não.

A ideia é um ótimo modo de unir o frio à falta do que fazer. Nada prático mas bem positivo. Afinal, qualquer um produz mais e melhor quando em boas condições de saúde e conforto, sejam humanos ou não. E ainda serve de terapia ocupacional para as idosas.  Mas se a moda pega, vai faltar tricoteiras e lã pra agasalhar toda a bicharada!


sexta-feira, 21 de abril de 2017

BALEIA-AZUL - Desafio a conhecer essas impressionantes curiosidades

BALEIA-AZUL - DESAFIO A CONHECER ESSAS IMPRESSIONANTES CURIOSIDADES
Já que está todo mundo falando de baleia azul, vou falar também!


Curiosidades sobre a baleia-azul:  Todo mamífero mama, certo ? Sim e não! - Apesar de serem mamíferos, as mamães baleias não amamentam seus filhotes, não nas tetas. Como seu leite é muito gorduroso, que ela o solta na água e, já que água e gordura não se misturam, é lá que o filhote o suga.
Já que está todo mundo falando de baleia azul, vou falar também!
Mas a baleia-azul aqui, diferente da do jogo, vive no oceano e é inofensiva.
Curiosidades sobre a baleia-azul:

Todo mamífero mama, certo ? Sim e não!
- Apesar de serem mamíferos, as mamães baleias não amamentam seus filhotes, não nas tetas. Como seu leite é muito gorduroso, que ela o solta na água e, já que água e gordura não se misturam, é lá que o filhote o suga.

Vocês devem conhecer muita gente de boca e língua grande, não é mesmo ? Mas nenhuma tão grande quanto estas!
- Uma língua de baleia-azul pesa algo em torno de 2,7 toneladas, equivalente ao peso de um elefante.
- Sua boca, quando completamente expandida, é capaz de reter até 90 Toneladas de alimento e água.
- A cabeça de uma baleia-azul é tão grande que cinquenta pessoas poderiam apoiar-se em sua língua.

Garganta profunda sim, mas nem tanto!
- Apesar do tamanho de sua boca, sua garganta é incapaz de engolir um objeto maior que uma bola de praia.

Algo que não podem acusar a baleia-azul é de não ter um grande coração!
- Seu coração pesa em torno de 600 kg e é a maior parte de corpo conhecida de todos os animais.

Mas a ereção pode ser um problema para os machos da espécie!
- O órgão reprodutor do macho (o pênis), chega a medir 3 metros de comprimento.

Artérias entupidas ? Isso não pertence às baleias-azuis!
 - Um bebê humano poderia engatinhar através das principais artérias da baleia-azul e um humano adulto poderia se arrastar por sua aorta.

Preocupações com o baixo peso e o crescimento lento dos bebês não acometem as mamães baleias-azuis!
- Quando nascem, essas baleias podem pesar até 2,7 toneladas – o mesmo que hipopótamo adulto.
- Durante os primeiros sete meses de vida, uma baleia-azul bebe, por dia, aproximadamente 400L de leite.
- Baleias-azuis jovens crescem muito rapidamente, podendo ganhar peso corporal de até 90 kg a cada 24 horas.

E, se a dieta das crianças é hipercalórica, a dos pais também não é das mais variadas e leves!
- Um animal adulto pode comer até 40 milhões krill em um dia, chegando a comer até 3,6 toneladas de krill num único dia. Isso equivale a uma dieta de aproximadamente 1,5 milhões de quilocalorias diárias.
- A baleia-azul mais pesada de que se tem registro pesava 190 toneladas. A mais comprida media 33 metros.
Curiosidades sobre a baleia-azul: Vocês devem conhecer muita gente de boca e língua grande, não é mesmo ?. Mas nenhuma tão grande quanto estas!  - Uma língua de baleia-azul pesa algo em torno de 2,7 toneladas, equivalente ao peso de um elefante. - Sua boca, quando completamente expandida, é capaz de reter até 90 Toneladas de alimento e água.   - A cabeça de uma baleia-azul é tão grande que cinquenta pessoas poderiam apoiar-se em sua língua.

Curiosidades sobre a baleia-azul: E, se a dieta das crianças é hipercalórica, a dos pais também não é das mais variadas e leves!   - Um animal adulto pode comer até 40 milhões krill em um dia, chegando a comer até 3,6 toneladas de krill num único dia. Isso equivale a uma dieta de aproximadamente 1,5 milhões de quilocalorias diárias.
Krill - o nome dado a algumas espécies de animais marinhos, invertebrados semelhantes ao camarão. São pequenos crustáceos importantes na alimentação de baleias, jamantas, tubarões-baleia, entre outros.


Curiosidades sobre a baleia-azul: Garganta profunda sim, mas nem tanto! - Apesar do tamanho de sua boca, sua garganta é incapaz de engolir um objeto maior que uma bola de praia.   Algo que não podem acusar a baleia-azul é de não ter um grande coração! - Seu coração pesa em torno de 600 kg e é a maior parte de corpo conhecida de todos os animais.
A cabeça de uma baleia-azul é tão grande que cinquenta pessoas poderiam apoiar-se em sua língua. 

Curiosidades sobre a baleia-azul: Algo que não podem acusar a baleia-azul é de não ter um grande coração! - Seu coração pesa em torno de 600 kg e é a maior parte de corpo conhecida de todos os animais.   Mas a ereção pode ser um problema para os machos da espécie! - O órgão reprodutor do macho (o pênis), chega a medir 3 metros de comprimento.
Modelo do coração de uma baleia-azul em tamanho real.


Curiosidades sobre a baleia-azul: E, se a dieta das crianças é hipercalórica, a dos pais também não é das mais variadas e leves!   - Um animal adulto pode comer até 40 milhões krill em um dia, chegando a comer até 3,6 toneladas de krill num único dia. Isso equivale a uma dieta de aproximadamente 1,5 milhões de quilocalorias diárias. - A baleia-azul mais pesada de que se tem registro pesava 190 toneladas. A mais comprida media 33 metros.
A baleia-azul mais pesada de que se tem registro pesava 190 toneladas. A mais comprida media 33 metros. 

quinta-feira, 20 de abril de 2017

FLOR DO DIA - CRISTA-DE-GALO

CRISTA-DE-GALO
A aparência peculiar, dessa flor aveludada, com cores que vão do vermelho intenso, rosa, branco-creme, roxa, laranja até o amarelo vibrante, são características inconfundíveis da crista-de-galo.


As flores espessas, achatadas, felpudas ou emplumadas são ideais para arranjos internos e aparecem do meio ao fim do verão até meados do outono.  O caule é ereto, suculento e não ramificado. As folhas elípticas e em forma de lança são verdes ou vermelho-bronzeadas.  As plantas têm ciclo anual de vida e podem alcançar de 30 a 80 cm de altura.
Crista-de-galo, de nome científico celosia cristata - é conhecida também pelos nomes de: crista-plumosa, celosia-plumosa, suspiro.
As flores espessas, achatadas, felpudas ou emplumadas são ideais para arranjos internos e aparecem do meio ao fim do verão até meados do outono.
O caule é ereto, suculento e não ramificado. As folhas elípticas e em forma de lança são verdes ou vermelho-bronzeadas.
As plantas têm ciclo anual de vida e podem alcançar de 30 a 80 cm de altura.

As flores espessas, achatadas, felpudas ou emplumadas são ideais para arranjos internos e aparecem do meio ao fim do verão até meados do outono.  O caule é ereto, suculento e não ramificado. As folhas elípticas e em forma de lança são verdes ou vermelho-bronzeadas.  As plantas têm ciclo anual de vida e podem alcançar de 30 a 80 cm de altura.
FLOR CRISTA-DE-GALO
É considerada planta de corte, utilizada em arranjos florais, e facilmente encontrada no comércio. Cresce em quase todos os tipos de solos com boa drenagem, incluindo os arenosos, calcários ou argilosos. Pode ser cultivada em beira de muros e paredes, bordaduras de canteiros, maciços, forrações e vasos.

As flores espessas, achatadas, felpudas ou emplumadas são ideais para arranjos internos e aparecem do meio ao fim do verão até meados do outono.  O caule é ereto, suculento e não ramificado. As folhas elípticas e em forma de lança são verdes ou vermelho-bronzeadas.  As plantas têm ciclo anual de vida e podem alcançar de 30 a 80 cm de altura.
É considerada planta de corte, utilizada em arranjos florais, e facilmente encontrada no comércio. 
A planta multiplica-se facilmente por sementes produzidas em grande quantidade, que podem ser semeadas no decorrer do ano, principalmente no verão.
Suporta bem os ventos, desenvolve-se a pleno sol e prefere o calor ao frio intenso. Mas, depois de enraizada, torna-se mais tolerante ao frio ameno.

As flores espessas, achatadas, felpudas ou emplumadas são ideais para arranjos internos e aparecem do meio ao fim do verão até meados do outono.  O caule é ereto, suculento e não ramificado. As folhas elípticas e em forma de lança são verdes ou vermelho-bronzeadas.  As plantas têm ciclo anual de vida e podem alcançar de 30 a 80 cm de altura.
As flores espessas, achatadas, felpudas ou emplumadas são ideais para arranjos internos

Crista-de-galo, de nome científico celosia cristata - é conhecida também pelos nomes de: crista-plumosa, celosia-plumosa, suspiro. Possui 8 espécies, das quais, algumas são comestíveis.

A planta multiplica-se facilmente por sementes produzidas em grande quantidade, que podem ser semeadas no decorrer do ano, principalmente no verão. Suporta bem os ventos, desenvolve-se a pleno sol e prefere o calor ao frio intenso. Mas, depois de enraizada, torna-se mais tolerante ao frio ameno.
FLOR CRISTA-DE-GALO
Parente do amaranto (caruru), grão rico em fibras e proteínas, a celosia tem folhas e brotos que podem ser cozidos e comidos como um vegetal.
Durante séculos foi alimento em várias partes da África e é usado na Medicina Tradicional Chinesa para melhorar a visão e reduzir diversos tipos de sangramento.

Crista-de-galo, de nome científico celosia cristata - é conhecida também pelos nomes de: crista-plumosa, celosia-plumosa, suspiro. Possui 8 espécies, das quais, algumas são comestíveis.
FLOR CRISTA-DE-GALO
Crista-de-galo, de nome científico celosia cristata - é conhecida também pelos nomes de: crista-plumosa, celosia-plumosa, suspiro. Possui 8 espécies, das quais, algumas são comestíveis.
FLOR CRISTA-DE-GALO

 
É considerada planta de corte, utilizada em arranjos florais, e facilmente encontrada no comércio. Cresce em quase todos os tipos de solos com boa drenagem, incluindo os arenosos, calcários ou argilosos. Pode ser cultivada em beira de muros e paredes, bordaduras de canteiros, maciços, forrações e vasos.
Parente do amaranto (caruru), grão rico em fibras e proteínas, a celosia tem folhas e brotos que podem ser cozidos e comidos como um vegetal. 
 (Fonte da pesquisa: wikipedia)

COBRAS PÍTON

PÍTON - Uma serpente constritora, não peçonhenta.

A presa é morta por um processo conhecido como constrição; após um animal ser capturado, para contê-lo, a serpente enrola seu corpo várias vezes em volta do bicho. Em seguida, a serpente aplica e mantém uma pressão suficiente para asfixiar a vítima, às vezes até para quebrar os seus ossos.
As pítons costumam comer anfíbios, répteis e pequenos roedores. As  maiores normalmente se alimentam de pássaros e pequenos mamíferos, mas podem comer jacarés, cervos, capivaras, entre outro mamíferos de médio porte.
Píton comendo canguru - A serpente pode chegar até 10 metros de comprimento.

A presa é engolida inteira e pode levar dias ou até mesmo semanas para a digestão terminar. Depois de uma grande refeição, cobra píton pode ficar meses sem se alimentar.
Apesar de seu tamanho intimidador e da sua potência muscular, eles geralmente não são perigosas para os seres humanos.

As pítons costumam comer anfíbios, répteis e pequenos roedores. As  maiores normalmente se alimentam de pássaros e pequenos mamíferos, mas podem comer jacarés, cervos, capivaras, entre outro mamíferos de médio porte.
Elas costumam atacar suas presas de surpresa e a partir de um esconderijo.
A velocidade da pressão aplicada é impressionante e a força exercida pode ser significativa, mas a morte é provocada principalmente pela asfixia da vítima, por ela não ser capaz de mover suas costelas para respirar enquanto está sendo apertada.
Píton comendo canguru

Ao contrário da crença popular, até mesmo as espécies maiores não esmagam suas presas até a morte; na verdade, a presa nem mesmo fica visivelmente deformada antes de ser ingerida. A velocidade da pressão aplicada é impressionante e a força exercida pode ser significativa, mas a morte é provocada principalmente pela asfixia da vítima, por ela não ser capaz de mover suas costelas para respirar enquanto está sendo apertada.

Píton comendo canguru
Uma grande píton pode chegar até 10 metros de comprimento. Assim como a maioria das outras cobras, os pítons se reproduzem por meio de ovos.


Ao contrário da crença popular, até mesmo as espécies maiores não esmagam suas presas até a morte; na verdade, a presa nem mesmo fica visivelmente deformada antes de ser ingerida. A velocidade com que os 'rolos' são aplicados é impressionante e a força exercida pode ser significativa, mas a morte é provocada principalmente pela asfixia da vítima, por ela não ser capaz de mover suas costelas para respirar enquanto está sendo apertada.
Píton comendo canguru


quarta-feira, 19 de abril de 2017

Povos indígenas do Brasil - 19 de Abril, dia do índio

Povos indígenas do Brasil - Sua relação com a natureza e suas contribuições para a nossa cultura 

Relação do índio com o ambiente e a terra:  A Natureza se fazia presente e a sobrevivência do índio dependia dela em regime diário. A terra como viva e sagrada, e mesmo que tirassem proveito e sustento do ambiente, mantinham um modelo de vida caracterizado pela sustentabilidade.
A degradação das culturas tradicionais pelo contato assíduo com a civilização tem sido rápida mesmo dentro das reservas, acarretando penosas repercussões sociais.
Relação do índio com a natureza:
A Natureza se fazia presente e a sobrevivência do índio dependia dela em regime diário. A terra como viva e sagrada, e mesmo que tirassem proveito e sustento do ambiente, mantinham um modelo de vida caracterizado pela sustentabilidade.

Os povos indígenas brasileiros deram contribuições significativas para a sociedade mundial, como a domesticação da mandioca e o aproveitamento de várias plantas nativas, como o milho, a batata-doce, a pimenta, o caju, o abacaxi, o amendoim, o mamão, a abóbora e o feijão.

Sua sobrevivência também é ameaçada porque muitos animais e plantas que lhes eram importantes de várias maneiras estão desaparecendo, e a legislação nacional proíbe a predação e captura de espécies nativas. Para os índios se abre exceção, desde que o uso se destine à alimentação e a funções tradicionais, mas isso impede que usem produtos naturais, como penas de aves, em artesanato com objetivo comercial, que para muitas tribos já é importante fonte de renda.

Os povos indígenas brasileiros deram contribuições significativas para a sociedade mundial, como a domesticação da mandioca e o aproveitamento de várias plantas nativas, como o milho, a batata-doce, a pimenta, o caju, o abacaxi, o amendoim, o mamão, a abóbora e o feijão.
A sobrevivência do índio é ameaçada porque muitos animais e plantas que lhes eram importantes de várias maneiras estão desaparecendo.
Algumas contribuições indígenas para a nossa cultura:
Os índios difundiram o uso da rede e da esteira de dormir, também a prática da peteca e do banho diário, costume desconhecido pelos europeus do século XVI.
Para a língua portuguesa legaram uma multidão de nomes de lugares, pessoas, plantas e animais (cerca de 20 mil palavras), e muitas de suas lendas foram incorporadas ao folclore brasileiro, tornando-se conhecidas em todo o país.

Suas culturas diversificadas de tradições, línguas e visões de mundo que, depois de serem longamente desprezadas , hoje já começam a ser vistas em larga escala como culturas complexas, sofisticadas em muitos aspectos, interessantes por si mesmas e portadoras de valores importantes para o mundo moderno, como o respeito pela Natureza e um modo de vida sustentável.
Mesmo assim, a degradação das culturas tradicionais pelo contato assíduo com a civilização tem sido rápida mesmo dentro das reservas, acarretando penosas repercussões sociais.


Algumas contribuições indígenas para a nossa cultura:  Os índios difundiram o uso da rede e da esteira de dormir, também a prática da peteca e do banho diário, costume desconhecido pelos europeus do século XVI.  Para a língua portuguesa legaram uma multidão de nomes de lugares, pessoas, plantas e animais (cerca de 20 mil palavras), e muitas de suas lendas foram incorporadas ao folclore brasileiro, tornando-se conhecidas em todo o país.
Apesar de protegida por muitas leis, a população indígena foi amplamente exterminada pelos conquistadores diretamente e pelas doenças que eles trouxeram. Ainda sobrevivem diversos povos isolados, sem contato com a civilização.
O destino dos povos indígenas do Brasil é incerto. Os conflitos continuam a se multiplicar; mortes, abusos, violência e disrupção interna continuam a afligir muitas comunidades, mesmo com todos os avanços e toda proteção jurídica, conscientização e mobilização conjunta, e o apoio da população brasileira não-índia e organismos internacionais. Há poderosos interesses políticos e econômicos em jogo, e mesmo interesses culturais.

Ainda falta muito para que eles consigam garantir suas terras e uma sobrevivência digna e independente da tutela do governo, que historicamente os entendeu como incapazes e chamou a si a responsabilidade de "administrá-los", mas tem sido também incapaz de assegurar-lhes os direitos que já foram definidos constitucionalmente, e vem sendo acusado até de promover profundos retrocessos de maneira deliberada que dão continuidade a um secular genocídio, atraindo com isso pesadas e incessantes críticas em casa e no estrangeiro.

No momento da Descoberta do Brasil, os povos nativos eram compostos por tribos seminômades que subsistiam da caça, pesca, coleta e da agricultura itinerante, desenvolvendo culturas diferenciadas. Apesar de protegida por muitas leis, a população indígena foi amplamente exterminada pelos conquistadores diretamente e pelas doenças que eles trouxeram. Ainda sobrevivem diversos povos isolados, sem contato com a civilização.


No momento da Descoberta do Brasil, os povos nativos eram compostos por tribos seminômades que subsistiam da caça, pesca, coleta e da agricultura itinerante, desenvolvendo culturas diferenciadas. Apesar de protegida por muitas leis, a população indígena foi amplamente exterminada pelos conquistadores diretamente e pelas doenças que eles trouxeram. Ainda sobrevivem diversos povos isolados, sem contato com a civilização.
O destino dos povos indígenas do Brasil é incerto. Os conflitos continuam a se multiplicar; mortes, abusos, violência e disrupção interna continuam a afligir muitas comunidades.

DIA DO ÍNDIO - 19 DE ABRIL