sábado, 22 de outubro de 2016

FAUNA URBANA - Sobrevivência na selva de pedra

AQUELE MOMENTO QUE VOCÊ ENCONTRA UM ANIMAL E NÃO SABE SE TÁ VIVO OU MORTO!


 Diferente do caso dessa cadela que, embora tendo sido abandonada, juntamente com suas seis irmãs recém nascidas, conseguiu um lar para crescer, outros tantos animais de estimação não têm a mesma sorte.
 Muitos nascem, crescem e morrem, sem a chance de conhecer do acolhimento, seu significado e valor.

Só de cães abandonados, no Brasil, estima-se que a população ultrapasse os vinte milhões,  e de gatos, os dez milhões.

E não faltam-lhes apenas lar e afeto, falta também que os humanos sejam mais conscientes, responsáveis....mais humanos!

O irônico disso tudo é que,  enquanto os animais domésticos buscam, incansavelmente, modos de sobreviver sozinhos, na selva de pedras, animais selvagens vão sendo levados para dentro das casas.
A incoerência é tamanha, que não dá pra entender, só lamentar!
Cães abandonados nas ruas das cidades
Cães abandonados

2 comentários:

nuni preta disse...

Lembrando que ela tbm chegou com uma patinha quebrada, era a menor da ninhada, com muita sorte conseguimos tratar a patinha quebrada em casa, castramos na rede publica e hj ela está enorme e feliz.

Laurinha Meire disse...

Então, muni...muito bem lembrado...
Os animais com problemas de saúde encontram ainda mais dificuldade de na adoção.
E a castração tbm é muito importante...sem ela população de animais abandonados não irá diminuir.
Obrigada pelo vídeo, obrigada por vir e colaborar com informações que não podem ficar de fora.
Volte mais vezes...beijos!