terça-feira, 31 de janeiro de 2017

ADESTRAMENTO - Fundamentos básicos para ter a cooperação do cãozinho

QUEM AMA, EDUCA! 

Fundamentos básicos para ter a cooperação do cãozinho no adestramento.

Usar do "reforço positivo" para adestrar seu cão, significa premia-lo quando o comportamento dele for de seu agrado e simplesmente ignorar os que não forem.      Como prêmio por bom comportamento, você pode dar petiscos, elogios ou outros tipos de recompensas (por exemplo: brincar, passear de carro ou caminhar com ele na praça).
Fundamentos básicos para ter a cooperação do cãozinho no adestramento.

Usar do "reforço positivo" para adestrar seu cão, significa premia-lo quando o comportamento dele for de seu agrado e simplesmente ignorar os que não forem.





Como prêmio por bom comportamento, você pode dar petiscos, elogios ou outros tipos de recompensas (por exemplo: brincar, passear de carro ou caminhar com ele na praça).
NOTA: Assista ao vídeo com algumas demostrações no fim da postagem.


Toda a família pode se envolver ao utilizar esse método de treinamento, até mesmo as crianças podem ajudar no adestramento. Já com outros métodos, isso pode ser perigoso.
A técnica não exige que você grite ou altere o tom de voz com o cachorro. É fácil e muito positivo para todos da família se envolverem a conquistar bom resultado no comportamento do pet.

Evitando mal-entendidos com seu cão
Usar do "reforço positivo" para adestrar seu cão, significa premia-lo quando o comportamento dele for de seu agrado e simplesmente ignorar os que não forem.      Como prêmio por bom comportamento, você pode dar petiscos, elogios ou outros tipos de recompensas (por exemplo: brincar, passear de carro ou caminhar com ele na praça).
Adestramento positivo
Você que decide quando quer que seu cachorro responda a uma ação e o premia quando ele fizer. Quando premia seu cão por fazer algo correto, você faz com que ele queira repetir o comportamento.
Punir nem sempre é uma mensagem clara para o cãozinho. Por exemplo:
Você pega seu cãozinho urinando no carpete. No mesmo instante você enrola o jornal e  bate nele. A intenção, claro, é dizer ao cachorro que aquilo que ele fez é inaceitável. Mas em vez disso, muitas vezes eles entendem que não devem urinar naquele local QUANDO você estiver presente. E essa é uma das razões pelas quais você às vezes vai encontrar o carpete molhado em algum momento em que o cachorro esteve sozinho. Esse problema de comunicação não é resolvido com punição.

Com o reforço positivo, você evita essas confusões. Utilizando-se do mesmo exemplo. Digamos que a intenção é ensinar seu cachorrinho a urinar fora de casa. Em vez de puni-lo, você o premia para toda vez que ele tiver o comportamento desejado. Nesse caso, toda vez que seu cãozinho urinar fora de casa, você da carinho, um petisco ou até mesmo brinque com ele. Dessa forma, ele aprende rápido que coisas positivas acontecem quando ele urina fora de sua casa, enquanto nada ocorre se ele urinar no carpete. Logo ele fará todas as necessidades fora para conquistar seu carinho, atenção ou um petisco. Ficou claro para ele que é assim que funciona.

As técnicas que punem para ensinar, podem não ser eficaz com qualquer cachorro, como os de personalidade agressiva. Muito frequentemente eles se tornam ainda mais agressivos sob violência. Do outro lado, cães medrosos talvez não responderão bem à mais leve punição. Um cachorro que se assusta com determinadas pessoas ou situações talvez torne-se ainda mais assustado após experimentar qualquer tipo de punição corretiva.


Fortalecendo o vínculo entre você e seu cachorro
Para a grande maioria de nós, os cães são amigos e companheiros. Enquanto outras técnicas de treinamento ensinam o cão a se comportar, o reforço positivo ajuda a ter você como líder de seu bichinho, mantendo sempre a confiança e a obediência a você e fortalecendo o relacionamento dono/cachorro.

É só você se colocar no lugar dele. Imagine seu trabalho. Se seu chefe lhe ordena a fazer algo e lhe acompanha, empurrando quase que fisicamente até conseguir o que deseja e depois nem agradece... o que você vai pensar? Por outro lado, se em vez disso ele pede por algo e, assim que você tiver concluído a tarefa, ele rapidamente lhe agradece e reconhece seu bom trabalho? Provavelmente você vai se sentir muito mais favorável a auxiliar o chefe que dá um feedback positivo ao que pune ou ignora. É ainda provável que você esteja até mais disposto a trabalhar duro para o chefe que lhe trate bem.

O mesmo acontece com o seu bichinho. Ele é muito mais propenso a desfrutar de sua companhia se estiver ansioso para ser recompensado em vez de temer qualquer punição. Então, gaste tempo com métodos de reforço positivo no adestramento. Como consequência, ele terá ótimo comportamento, na esperança de obter recompensas, e você ficará satisfeito e feliz. É um ciclo vicioso positivo.

Próxima postagem: Como Adestrar Através de Brincadeiras

Veja também: 
Porque adestrar seu cão
Primeiros entendimentos sobre adestramento de cães

Fique com o exemplo de parceria entre a Renata e sua doberman Kira:



(Fonte:http://blog.petitesofie.com.br/2014/12/adestre-seu-cao-poder-do-reforco-positivo.html)

Nenhum comentário: