domingo, 15 de janeiro de 2017

COMO CULTIVAR O BRINCO-DE-PRINCESA

Cultivo da flor brinco-de-princesa


Brincos-de princesa são plantas que podem ser cultivadas em grandes vasos para decorar áreas externas. Para que elas subam em estruturas, sendo cultivadas como trepadeiras, precisam ser devidamente acompanhadas e tutoradas. 

Saiba mais sobre a planta nesta postagem AQUI

Elas podem crescer bem em ambiente com meia-sombra, inclusive dentro da casa. Na propagação, os rizomas(tipo de caule que cresce horizontalmente, geralmente subterrâneo, mas podendo também ter porções aéreas) não podem ser divididos quando estiverem na fase de dormência




O brinco-de-princesa é uma espécie híbrida obtida a partir de espécies sul americanas, principalmente Fuchsia corymbiflora Ruiz. ; Pav, Fuchsia fulgens Moc; Ses. e Fuchsia magellanica Lam.

São conhecidas também como: lágrima, agrado, fúcsia.




Para ficar sempre bonito, o brinco-de-princesa requer boa iluminação, de preferência sob luz difusa ou meia-sombra, no entanto muitas variedades vão bem sob sol pleno. Mas um detalhe é unânime, as fúcsias apreciam o frio e portanto deve-se dar preferência para o cultivo no sul do país e nas regiões serranas. No paisagismo pode ser plantado isolado ou em grupos, atraindo muitos beija-flores. Algumas cultivares são próprios para cestas pendentes e ficam ótimas em varandas. O substrato deve ser bem fértil, enriquecido com húmus e composto orgânico. A propagação pode ser por sementes ou por estacas.
A luminosidade necessária também vai mudar de acordo com a variedade. Indicada para o plantio à meia-sombra, mas tolera bem locais que recebam sol direto poucas horas por dia. Recomenda-se colocá-la no local mais protegido de ventos fortes. Apresenta uma floração abundante e delicada. Para um bom resultado visual, pode tanto ser educada como trepadeira ou ser plantada como pendente. Essas plantas precisam de podas anuais para renovação, assim como podas simples, tirando fora os ramos secos, doentes ou mal formados.




Podar levemente em Fevereiro para estimular a floração na Primavera. Pode utilizar os ramos da poda para tentar obter novas plantas em interior ou estufa.

Adubar de Abril a Setembro
Utilizar pó de hormonas (á venda nas lojas) na estaca a plantar, pode ajudar bastante no enraizamento. A adubação deve ser feita com farinha de osso, farinha de peixe ou torta de algodão. Usar fosforita, superfosfato e termofosfato ou NPK rico em P.




A mosca branca, pulgão e a aranhinha vermelha são pragas comuns de algumas variedades. Essas plantas também estão sujeitas a doenças de origem fúngica.















VEJA TAMBÉM: https://mundoanimalevidaselvagem.blogspot.com.br/2017/01/flor-do-dia-brinco-de-princesa.html
        







(Fonte da infrmação:http://projetoriograndetche.weebly.com/flor-siacutembolo-do-rs-brinco-de-princesa.html)

Nenhum comentário: