quinta-feira, 30 de março de 2017

ONÇA-PINTADA - UM PREDADOR PACÍFICO

Ocupando o topo da cadeia alimentar, e o posto de maior felino das Américas, a onça-pintada tem como único predador, o homem.

Ocupando o topo da cadeia alimentar, e o posto de maior felino das Américas, a onça-pintada tem como único predador, o homem.
ONÇA-PINTADA - UM PREDADOR PACÍFICO

A Onça - Musculosa e extremamente ágil, além de silenciosa e furtiva nas andanças. Dotada de longas e afiadas garras, e de dentes que funcionam como perigosas armas de ataque e defesa. E, contando ainda com patas que podem desferir golpes com uma força equivalente a 200 quilos, bastando-lhe um só golpe para matar o animal que ataca, ou para derrubar presas com quase quatro vezes seu próprio peso. Assim ela se coloca como um dos predadores mais eficientes do reino animal.
Apesar disso, e de sua presença ser muito temida pelos que a encontram, a onça é um animal que costuma fugir da presença humana.
Mesmo em histórias antigas, são raros os relatos de ataque ao homem.
Quando estes ataques acontecem, geralmente, estão relacionados à defesa de filhotes, de presas recém abatidas ou até mesmo ataques para se defender quando estão sendo caçadas.

Ou seja, pode-se dizer que a onça, embora seja um grande predador, é um animal pacífico.

Ocupando o topo da cadeia alimentar, e o posto de maior felino das Américas, a onça-pintada tem como único predador, o homem.
ONÇA-PINTADA - UM PREDADOR PACÍFICO


Ocupando o topo da cadeia alimentar, e o posto de maior felino das Américas, a onça-pintada tem como único predador, o homem.
ONÇA-PINTADA - UM PREDADOR PACÍFICO
Ocupando o topo da cadeia alimentar, e o posto de maior felino das Américas, a onça-pintada tem como único predador, o homem.
ONÇA-PINTADA - UM PREDADOR PACÍFICO


Ocupando o topo da cadeia alimentar, e o posto de maior felino das Américas, a onça-pintada tem como único predador, o homem.
ONÇA-PINTADA - UM PREDADOR PACÍFICO

http://mundoanimalevidaselvagem.blogspot.com/

BETTA SPLENDENS - PEIXE ORNAMENTAL

DENTRE OS PEIXES ORNAMENTAIS, OS BETTAS SÃO SUCESSO ABSOLUTO

Tendo sido obtidos a partir de seleção artificial dos genes feita em laboratório, eles medem de 6 a 10 cm e são pura exuberância. O peixe Betta, encontrado diretamente na natureza, é selvagem e nada tem a ver com aquele colorido e enormes caudas eriçadas que vemos nos aquários, aqueles são bem mais discretos.
BETTA SPLENDENS - PEIXE ORNAMENTAL
Os Peixes de nome de Betta Splendens, ou apenas Betta, são dos mais populares em todo o mundo. E chamam muito a atenção das pessoas em razão de sua bela aparência.
Tendo sido obtidos a partir de seleção artificial dos genes feita em laboratório, eles medem de 6 a 10 cm e são pura exuberância.
O peixe Betta, encontrado diretamente na natureza, é selvagem e nada tem a ver com aquele colorido e enormes caudas eriçadas que vemos nos aquários, aqueles são bem mais discretos.
O habitat preferido dos peixes Betta é em água bastante calmas, com quase nenhuma movimentação, oxigênio pouco e sem que haja obstáculos que criem impedimento para observar os oponentes. O custo do Betta é bastante baixo por não carecer de equipamentos para sua sobrevivência ou manutenção. É um peixe bastante resistente, podendo viver por anos e anos, desde que o criador tenha adequados cuidados com a manutenção da água e alimentação.
Peixes de nome de Betta Splendens, ou apenas Betta

Dentre os peixes criados em aquário, o betta apresenta um comportamento bastante agressivo com os demais, lhe rendendo o apelido de peixe de briga, ou peixe briguento. Por isso, precisa ficar sozinho, longe dos demais peixes. Juntos,quase sempre os dois peixes morrem.

O habitat preferido dos peixes Betta é em água bastante calmas, com quase nenhuma movimentação, oxigênio pouco e sem que haja obstáculos que criem impedimento para observar os oponentes. O custo do Betta é bastante baixo por não carecer de equipamentos para sua sobrevivência ou manutenção.
O habitat preferido dos peixes Betta é em água bastante calmas, com quase nenhuma movimentação, oxigênio pouco e sem que haja obstáculos que criem impedimento para observar os oponentes. O custo do Betta é bastante baixo por não carecer de equipamentos para sua sobrevivência ou manutenção. É um peixe bastante resistente, podendo viver por anos e anos, desde que o criador tenha adequados cuidados com a manutenção da água e alimentação.
Peixes de nome de Betta Splendens, ou apenas Betta
É um peixe bastante resistente, podendo viver por anos e anos, desde que o criador tenha adequados cuidados com a manutenção da água e alimentação.

O melhor aquário para o Betta, que também pode ser chamado de beteira é aquele transparente com medida média, que pode ser até pequeno, e, para isso você pode usar uma compoteira até, se tiver em casa uma que tenha quebrado a tampa. O importante é que ele tenha certo espaço para se movimentar, e que a água seja trocada regularmente.

O habitat preferido dos peixes Betta é em água bastante calmas, com quase nenhuma movimentação, oxigênio pouco e sem que haja obstáculos que criem impedimento para observar os oponentes. O custo do Betta é bastante baixo por não carecer de equipamentos para sua sobrevivência ou manutenção. É um peixe bastante resistente, podendo viver por anos e anos, desde que o criador tenha adequados cuidados com a manutenção da água e alimentação.
Peixes de nome de Betta Splendens, ou apenas Betta
Nas lojas ou pet shops você pode encontrar inúmeros tipos de aquários para os Betta, mas opte por aqueles que possuam vidros planos e que acomodem no mínimo 06 litros de água, até o máximo de 30 litros, mas evite aquários que tenham mais que 30 cm de altura. Se quiser pode até colocar um filtro para manter a água mais limpa por mais tempo, juntamente com um termostato para manter a água numa temperatura mais adequada.

O Peixe Betta se adapta bem a diversos lugares da casa, inclusive na cabeceira da cama, na cozinha, na mesinha de estudo da criançada, na mesa do escritório, na sala, enfim, em qualquer lugar que você ache por bem deixá-lo. Entretanto, não pode deixá-lo na luz solar direta, senão ele pode morrer pelo calor, ou ainda não o deixe na chuva, no frio extremo, e nem próximo de lugares que produzam forte odor de fumaça, produtos de limpeza, e ainda outros.

O habitat preferido dos peixes Betta é em água bastante calmas, com quase nenhuma movimentação, oxigênio pouco e sem que haja obstáculos que criem impedimento para observar os oponentes. O custo do Betta é bastante baixo por não carecer de equipamentos para sua sobrevivência ou manutenção. É um peixe bastante resistente, podendo viver por anos e anos, desde que o criador tenha adequados cuidados com a manutenção da água e alimentação.
Peixes de nome de Betta Splendens, ou apenas Betta

Peixes de nome de Betta Splendens, ou apenas Betta

quarta-feira, 29 de março de 2017

CANÁRIO GILBBER ITALICUS - Sucesso ou um erro de criação seletiva ?

Não, esses pássaros não sofreram maus-tratos, nem estão na época da muda de penas. Os Canários Gibber Italicus são exatamente como seus criadores desejam que sejam. Eles são vítimas, sim, mas da manipulação genética.

Essa aparência sofrida, do Canário Gibber Italicus,  nada condizente com a dos canários mais conhecidos, é fruto de "aprimoramento" genético, praticado por centenas de anos, até se chegar ao ponto desejado. Apesar da aparência decrépita, essa raça possui, segundo seus criadores, um belo timbre de canto.
Apesar da aparência decrépita, o Canário Gibber Italicus, possui, segundo seus criadores, um belo timbre de canto. 

Essa aparência sofrida, do Canário Gibber Italicus,  nada condizente com a dos canários mais conhecidos, é fruto de "aprimoramento" genético, praticado por centenas de anos, até se chegar ao ponto desejado. Apesar da aparência decrépita, essa raça possui, segundo seus criadores, um belo timbre de canto.

Essa aparência sofrida, do Canário Gibber Italicus,  nada condizente com a dos canários mais conhecidos, é fruto de "aprimoramento" genético, praticado por centenas de anos, até se chegar ao ponto desejado. Apesar da aparência decrépita, essa raça possui, segundo seus criadores, um belo timbre de canto.
A manipulação genéticas pode causar anomalias
Atualmente, os criadores podem controlar tudo, desde a formação do esqueleto, o número de penas, a textura, o tamanho, a cor, além da extensão e estilo de canto do pássaro. ou seja, com a manipulação genética, o homem tomou pra si o poder de produzir novas formas vidas.

O problema é que em processos intensivos de cruzamento, nem tudo pode ser controlado. Assim, na mesma  medida que há ganhos, também há perdas genéticas e as anomalias sempre surgem. O resultado é que, não raramente, acaba-se criando "monstros".

No caso desses canários, os danos genéticos podem causar dolorosos (ou até mortais) processos de penas encravadas e alta suscetibilidade a infecções e lesões.
Mas, pelo visto, tudo que importa aos que trabalham no "aprimoramento" da espécie, aos expositores e admiradores, é que as características desejadas estejam presentes no animal, e dane-se o resto.



Essa aparência sofrida, do Canário Gibber Italicus,  nada condizente com a dos canários mais conhecidos, é fruto de "aprimoramento" genético, praticado por centenas de anos, até se chegar ao ponto desejado. Apesar da aparência decrépita, essa raça possui, segundo seus criadores, um belo timbre de canto.
No caso desses canários, os danos genéticos podem causar dolorosos (ou até mortais) processos de penas encravadas e alta suscetibilidade a infecções e lesões.


Essa aparência sofrida, do Canário Gibber Italicus,  nada condizente com a dos canários mais conhecidos, é fruto de "aprimoramento" genético, praticado por centenas de anos, até se chegar ao ponto desejado. Apesar da aparência decrépita, essa raça possui, segundo seus criadores, um belo timbre de canto.
 A aparência sofrida, do Canário Gibber Italicus,  nada condizente com a dos canários mais conhecidos, é fruto de "aprimoramento" genético.


(Fontes da pesquisa: megacurioso.com.br, nacaodospassaros.com)

LUPINOS - FLORES ORNAMENTAIS

O lupino é uma planta de ramos de flores vistosas e chamativas, usada em ornamentação de quintais, jardins e paisagismos em geral. 

Lupinos podem ser de diversas cores, desde o branco ou o rosa até cores mais vivas como a violeta e o azul, podem também ser mescladas em duas cores.
A planta chega a um metro e meio de altura.
O lupino começa a florescer no início do verão. Precisa de bastante sol, e não resiste aos ventos.
Podem ser de diversas cores, desde o branco ou o rosa até cores mais vivas como a violeta ou o azul. O lupino começa a florescer no início do verão. Precisa de bastante sol, e não resiste aos ventos.
Lupinos podem ser de diversas cores, desde o branco ou o rosa até cores mais vivas como a violeta ou o azul.

Lupinus é um dos gêneros de plantas da família das fabáceas, subfamília Faboideae. Há cerca de 150 espécies classificadas neste gênero e conhecidas como tremoceiro (subgéneros Lupinus, e Platycarpos). A maioria destas espécies tem a propriedade de fixar azoto/Nitrogênio nos solos, e muitas são utilizadas como fertilizante natural em zonas agrícolas.
Podem ser de diversas cores, desde o branco ou o rosa até cores mais vivas como a violeta ou o azul. O lupino começa a florescer no início do verão. Precisa de bastante sol, e não resiste aos ventos.
Lupinos podem ser de diversas cores, desde o branco ou o rosa até cores mais vivas como a violeta ou o azul.

Podem ser de diversas cores, desde o branco ou o rosa até cores mais vivas como a violeta ou o azul. O lupino começa a florescer no início do verão. Precisa de bastante sol, e não resiste aos ventos.
Podem ser de diversas cores, desde o branco ou o rosa até cores mais vivas como a violeta ou o azul.


O lupino é uma planta de ramos de flores vistosas e chamativas, usada em ornamentação de quintais e jardins.
O lupino começa a florescer no início do verão. 
Precisa de bastante sol, e não resiste aos ventos.



Lupinos podem ser de diversas cores, desde o branco ou o rosa até cores mais vivas como a violeta ou o azul.

O lupino é uma planta de ramos de flores vistosas e chamativas, usada em ornamentação de quintais e jardins.
O lupino é uma planta de ramos de flores vistosas e chamativas, usada em ornamentação de quintais e jardins. 

O lupino é uma planta de ramos de flores vistosas e chamativas, usada em ornamentação de quintais e jardins.
O lupino é uma planta de ramos de flores vistosas e chamativas, usada em ornamentação de quintais e jardins. 


O lupino é uma planta de ramos de flores vistosas e chamativas, usada em ornamentação de quintais e jardins.
O lupino é uma planta de ramos de flores vistosas e chamativas, usada em ornamentação de quintais e jardins. 

(Fonte: wikipedia)

MACACA PARTEIRA

MACACA É FLAGRADA AUXILIANDO NO PARTO DE UMA FÊMEA INEXPERIENTE

Que os macacos são parecidos conosco, ninguém tem dúvidas. Mas, flagrar situações onde primatas agem exatamente como nós, ainda nos surpreende.
O parto aconteceu dentro de uma comunidade de primatas, onde uma fêmea de cinco anos de idade entrou em trabalho de parto pela primeira vez. Uma outra macaca interveio ao ver o início do nascimento. Ela já havia dado à luz a cinco macacos anteriormente, incluindo uma vez mais cedo no mesmo dia.
Macaca parteira - A situação é tão rara que nunca fora filmada ou fotografada antes em detalhes.

Cientistas testemunharam e registram uma rara cena onde uma macaca da espécie langur faz literalmente o papel de “parteira”, ajudando uma colega a dar à luz.

O parto aconteceu dentro de uma comunidade de primatas, onde uma fêmea de cinco anos de idade entrou em trabalho de parto pela primeira vez. Uma outra macaca interveio ao ver o início do nascimento. Ela já havia dado à luz a cinco macacos anteriormente, incluindo uma vez mais cedo no mesmo dia.

Os pesquisadores conseguiram gravar a sequência completa do nascimento com os detalhes do comportamento da mãe e da ‘parteira’. Inicialmente, a ajudante sentou e observou o macaco tendo mais de 70 contrações. Aproximou-se apenas uma vez, quando a cabeça e os ombros do bebê já tinham aparecido. Ela então se levantou sobre as patas traseiras e pegou a criança com as duas mãos, puxando para seu peito. Dentro de 18 segundos, ela tinha retirado completamente o bebê do canal de nascimento da mãe.
Os pesquisadores conseguiram gravar a sequência completa do nascimento com os detalhes do comportamento da mãe e da ‘parteira’. Inicialmente, a ajudante sentou e observou o macaco tendo mais de 70 contrações. Aproximou-se apenas uma vez, quando a cabeça e os ombros do bebê já tinham aparecido. Ela então se levantou sobre as patas traseiras e pegou a criança com as duas mãos, puxando para seu peito. Dentro de 18 segundos, ela tinha retirado completamente o bebê do canal de nascimento da mãe.
Macaca parteira - pesquisadores conseguiram gravar a sequência completa do parto e do comportamento da mãe e da ‘parteira’.

Logo após o nascimento, a parteira segurou o bebê e lambeu. Por fim, a mãe do bebê estendeu a mão para levá-la, e a fêmea mais velha entregou a criança sem resistência. A macaca parteira então se sentou ao lado da mãe e da criança por um tempo.

A situação é tão rara que nunca fora filmada ou fotografada antes em detalhes. Isso porque, no mundo natural, os animais estão destinados a passar por um momento tão profundo e difícil por si só. As fêmeas, por exemplo, costumam dar à luz em particular, na solidão. Somente horas depois é que outros membros da mesma espécie se aproximam para dar os primeiros auxílios.

E nós? O humano é um dos únicos mamíferos onde o momento do nascimento é assistido por terceiros, aliviando o sofrimento da mãe.
A cena testemunhada pelos cientistas chineses só tinha sido vista uma vez antes, em 2013. Mas a “parteira” era um macaco branco e preto de nariz arrebitado, e só poucos detalhes do parto foram registrados pelos cientistas.

Desta vez, o nascimento do novo langur na China foi fotografado passo a passo. A espécie, considerada em perigo de extinção, é um dos primatas mais ameaçados do mundo, contando com cerca de 800 macacos em território chinês.

Logo após o nascimento, a parteira segurou o bebê e lambeu. Por fim, a mãe do bebê estendeu a mão para levá-la, e a fêmea mais velha entregou a criança sem resistência. A macaca parteira então se sentou ao lado da mãe e da criança por um tempo.
Macaca parteira - Depois de ajudar no parto, a 'macaca parteira' segurou o filhote, lambeu e, então, entregou-o à mãe sem resistência.


O ocorrido se deu no Instituto de Pesquisa em Biodiversidade da Universidade de Pequim, em 2014.

(Fonte:oglobo.globo.com, medimagem.com.br  )

terça-feira, 28 de março de 2017

BUDIÃO-AZUL OU PEIXE-PAPAGAIO-AZUL (Scarus coeruleus)

Mais simpático que um peixe desse, só dois dele! Além de simpático, ele é tão azul que nem parece ser real. 

De coloração inteiramente azul, os adultos desenvolvem um focinho proeminente, que dá a eles a aparência simpática de um sorriso . Tem em média de 30 a 73 centímetros de comprimento, mas algumas vezes chega a alcançar 1,2 metros de comprimento.  É um peixe-papagaio, encontrado em recifes de profundidade rasa nas regiões tropicais e subtropicais do Oceano atlântico e do Mar Caribenho.
BUDIÃO-AZUL OU PEIXE-PAPAGAIO-AZUL (Scarus coeruleus) - Mais simpático que um peixe desse, só dois dele! Além de simpático, é tão azul que nem parece real. 
De coloração inteiramente azul, os adultos desenvolvem um focinho proeminente, que dá a eles a aparência simpática de um sorriso . Tem em média de 30 a 73 centímetros de comprimento, mas algumas vezes chega a alcançar 1,2 metros de comprimento.

No verão, os peixes papagaio-azuis se reúnem em grupos de desova. A fertilização ocorre e as fêmeas depositam seus ovos em colunas de água e são soterrados no solo oceânico. Os ovos eclodem cerca de 25 horas depois.
O budião-azul é principalmente achado em recifes de coral
É um peixe-papagaio, encontrado em recifes de profundidade rasa nas regiões tropicais e subtropicais do Oceano atlântico e do Mar Caribenho.

No verão, os peixes papagaio-azuis se reúnem em grupos de desova. A fertilização ocorre e as fêmeas depositam seus ovos em colunas de água e são soterrados no solo oceânico. Os ovos eclodem cerca de 25 horas depois.

O peixe-papagaio-azul é principalmente achado em recifes de coral com 3 a 25 metros de profundidade. Habita principalmente as regiões do Atlântico Ocidental, Brasil, Bahamas, Bermudas e Antilhas. Eles também são encontrados nas Índias Ocidentais, contudo estão ausentes na parte norte do Golfo do México. Durante a fase de crescimento vivem em ervas marinhas.
O peixe alimenta-se de plantas e pequenos invertebrados
O peixe-papagaio-azul é principalmente achado em recifes de coral com 3 a 25 metros de profundidade. Habita principalmente as regiões do Atlântico Ocidental, Brasil, Bahamas, Bermudas e Antilhas. Eles também são encontrados nas Índias Ocidentais, contudo estão ausentes na parte norte do Golfo do México. Durante a fase de crescimento vivem em ervas marinhas.

O peixe alimenta-se de plantas e pequenos invertebrados encontrados em rochas. Gastam 80% do seu tempo procurando alimentos.



Apesar de ser alvo de vários pescadores, o peixe-papagaio-azul ainda é facilmente encontrado em  áreas de conservação. Por estas razões, a União Internacional para a Conservação da Natureza colocou o peixe na categoria de espécie pouco preocupante.

Apesar de ser alvo de vários pescadores, o peixe-papagaio-azul ainda é facilmente encontrado em algumas áreas são de conservação. Por estas razões, a União Internacional para a Conservação da Natureza colocou o peixe na categoria de espécie pouco preocupante.
BUDIÃO-AZUL OU PEIXE-PAPAGAIO-AZUL (Scarus coeruleus) - Mais simpático que um peixe desse, só dois dele! Além de simpático, é tão azul que nem parece real. 

(Fonte da pesquisa:wikipedia) 


VERDURAS ORNAMENTAIS OU DECORATIVAS - REPOLHO E COUVE DE COMER COM OS OLHOS

REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS -  ESSAS VERDURAS SÃO DE COMER COM OS OLHOS !

O repolho e a couve ornamentais são utilizados para fins decorativos, de áreas externas e também internas, em vasos, jardins, floreiras, ou onde mais houver luz adequada para a planta.   Nos jardins formam belos arranjos quando em conjuntos com outras plantas, em maciços densos no jardim onde a sua textura diferenciada e suas cores reinam de forma maravilhosa.  É necessário um ambiente bastante iluminado para que as cores da planta ofereça belo espetáculo um visual.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS -   
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

O repolho e a couve ornamentais são utilizados para fins decorativos, de áreas externas e também internas, em vasos, jardins, floreiras, ou onde mais houver luz adequada para a planta.

Nos jardins formam belos arranjos quando em conjuntos com outras plantas, em maciços densos no jardim onde a sua textura diferenciada e suas cores reinam de forma maravilhosa.
É necessário um ambiente bastante iluminado para que as cores da planta ofereça belo espetáculo um visual.

As flores são pequenas e amarelas em espiga ereta acima da planta, mas não são importantes para ornamentação.
São plantas que chegam em torno de 20 a 30 centímetros de altura. Normalmente, apresentam em colorações diferenciadas, com folhas de tamanho grande, formatos arredondados, e ainda com suas extremidades crespas.

Embora também seja comestível, tende a ter um sabor levemente amargo, além de folhas mais duras. É por isso que sua presença nas mesas é mais comum sob a forma decorativa.

Brassica oleracea, são plantas herbáceas, que engloba a couve, repolho, brócolis, couve de Bruxelas e a couve flor.

São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país.
O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde.
Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.

As verduras ornamentais podem ser cultivadas em vasos ou diretamente no solo
A multiplicação é por sementes. Quando adquirir o pacote com as sementes verificar a data de validade, evitando aqueles com data próxima do vencimento, quando o poder germinativo estará muito baixo.

O repolho e a couve ornamentais são utilizados para fins decorativos, de áreas externas e também internas, em vasos, jardins, floreiras, ou onde mais houver luz adequada para a planta.   Nos jardins formam belos arranjos quando em conjuntos com outras plantas, em maciços densos no jardim onde a sua textura diferenciada e suas cores reinam de forma maravilhosa.  É necessário um ambiente bastante iluminado para que as cores da planta ofereça belo espetáculo um visual.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea)
-  VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !


O repolho e a couve ornamentais são utilizados para fins decorativos, de áreas externas e também internas, em vasos, jardins, floreiras, ou onde mais houver luz adequada para a planta.   Nos jardins formam belos arranjos quando em conjuntos com outras plantas, em maciços densos no jardim onde a sua textura diferenciada e suas cores reinam de forma maravilhosa.  É necessário um ambiente bastante iluminado para que as cores da planta ofereça belo espetáculo um visual.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

O repolho e a couve ornamentais são utilizados para fins decorativos, de áreas externas e também internas, em vasos, jardins, floreiras, ou onde mais houver luz adequada para a planta.   Nos jardins formam belos arranjos quando em conjuntos com outras plantas, em maciços densos no jardim onde a sua textura diferenciada e suas cores reinam de forma maravilhosa.  É necessário um ambiente bastante iluminado para que as cores da planta ofereça belo espetáculo um visual.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea)
  VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

O repolho e a couve ornamentais são utilizados para fins decorativos, de áreas externas e também internas, em vasos, jardins, floreiras, ou onde mais houver luz adequada para a planta.   Nos jardins formam belos arranjos quando em conjuntos com outras plantas, em maciços densos no jardim onde a sua textura diferenciada e suas cores reinam de forma maravilhosa.  É necessário um ambiente bastante iluminado para que as cores da planta ofereça belo espetáculo um visual.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) 
  VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

As flores são pequenas e amarelas em espiga ereta acima da planta, mas não são importantes para ornamentação. São plantas que chegam em torno de 20 a 30 centímetros de altura. Normalmente, apresentam em colorações diferenciadas, com folhas de tamanho grande, formatos arredondados, e ainda com suas extremidades crespas.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) 
  VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !


As flores são pequenas e amarelas em espiga ereta acima da planta, mas não são importantes para ornamentação. São plantas que chegam em torno de 20 a 30 centímetros de altura. Normalmente, apresentam em colorações diferenciadas, com folhas de tamanho grande, formatos arredondados, e ainda com suas extremidades crespas.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) 
  VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

As flores são pequenas e amarelas em espiga ereta acima da planta, mas não são importantes para ornamentação. São plantas que chegam em torno de 20 a 30 centímetros de altura. Normalmente, apresentam em colorações diferenciadas, com folhas de tamanho grande, formatos arredondados, e ainda com suas extremidades crespas.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) 
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

As flores são pequenas e amarelas em espiga ereta acima da planta, mas não são importantes para ornamentação. São plantas que chegam em torno de 20 a 30 centímetros de altura. Normalmente, apresentam em colorações diferenciadas, com folhas de tamanho grande, formatos arredondados, e ainda com suas extremidades crespas.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -  
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

Embora também seja comestível, tende a ter um sabor levemente amargo, além de folhas mais duras. É por isso que sua presença nas mesas é mais comum sob a forma decorativa.  Brassica oleracea, são plantas herbáceas, que engloba a couve, repolho, brócolis, couve de Bruxelas e a couve flor.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -  
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

Embora também seja comestível, tende a ter um sabor levemente amargo, além de folhas mais duras. É por isso que sua presença nas mesas é mais comum sob a forma decorativa.  Brassica oleracea, são plantas herbáceas, que engloba a couve, repolho, brócolis, couve de Bruxelas e a couve flor.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -  
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

Embora também seja comestível, tende a ter um sabor levemente amargo, além de folhas mais duras. É por isso que sua presença nas mesas é mais comum sob a forma decorativa.  Brassica oleracea, são plantas herbáceas, que engloba a couve, repolho, brócolis, couve de Bruxelas e a couve flor.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

Embora também seja comestível, tende a ter um sabor levemente amargo, além de folhas mais duras. É por isso que sua presença nas mesas é mais comum sob a forma decorativa.  Brassica oleracea, são plantas herbáceas, que engloba a couve, repolho, brócolis, couve de Bruxelas e a couve flor.


Embora também seja comestível, tende a ter um sabor levemente amargo, além de folhas mais duras. É por isso que sua presença nas mesas é mais comum sob a forma decorativa.  Brassica oleracea, são plantas herbáceas, que engloba a couve, repolho, brócolis, couve de Bruxelas e a couve flor.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -  
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !


São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país. O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde. Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -  
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país. O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde. Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) - 
 VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país. O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde. Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -
  VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país. O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde. Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -  
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país. O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde. Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -
  VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país. O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde. Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) - 
 VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país. O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde. Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -  
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !

São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país. O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde. Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) - 
 VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !


São plantas tolerantes ao frio, inclusive cultivadas em regiões mais ao Sul do país. O local para plantar deve ter sol, mas em regiões de verões muito quentes será conveniente uma sombra à tarde. Seu ciclo de vida é de 45 dias no verão e de 60 dias no inverno.
REPOLHO E COUVE ORNAMENTAIS (Brassica oleracea) -  
VERDURAS DE COMER COM OS OLHOS !



(Fontes da pesquisa: planetasementes.com.br,flores.culturamix.com,
fazfacil.com.br/jardim)

PÉ DE OVO OU PLANTA-OVO - Estaríamos Prestes a Dar Descanso às Galinhas?

PÉ DE OVO - ESSA PLANTA DESPERTA CURIOSIDADE E INDAGAÇÕES - 

MAS DESDE QUANDO OVO DÁ EM ÁRVORE?  SERIA ESSA UMA OPÇÃO MAIS SAUDÁVEL?

NADA DISSO!

Essa planta ornamental causa curiosidade pela aparência do seu fruto.  Após florescer, ela produz um fruto que é igual a um ovo de galinha.  O fruto permanece sem amadurecer por várias semanas, isso faz com que a planta fique carregada de “ovos” por bastante tempo, chamando bastante atenção de quem observa. Assim, essa é uma planta que enfeita muito bem os jardins, varandas e até interiores, desde que sejam bem iluminados.
PÉ DE OVO - ESSA PLANTA DESPERTA CURIOSIDADE E INDAGAÇÕES. AFINAL, DESDE QUANDO OVO DÁ EM ÁRVORE? SERIA ESSA UMA OPÇÃO MAIS SAUDÁVEL ?
Essa planta ornamental causa curiosidade pela aparência do seu fruto.
Após florescer, ela produz um fruto que é igual a um ovo de galinha.
O fruto permanece sem amadurecer por várias semanas, isso faz com que a planta fique carregada de “ovos” por bastante tempo, chamando bastante atenção de quem observa.
Assim, essa é uma planta que enfeita muito bem os jardins, varandas e até interiores, desde que sejam bem iluminados.

Planta-ovo ou pé de ovo (Solanum ovigerum) - Possui caule e folhas verdes, com leves tons de roxo, alcançando de 30 a 50 com de altura. Produz pequenas flores na cor lilás. É originária do Japão.

Seus frutos permanecem imaturos por cerca de um mês, período em que se parece com ovo. Quando maduros, ficam amarelos, assemelhantes ao jiló, mas não são comestíveis.
Depois que caem seus frutos, a planta não mais os produz. É preciso retirar as sementes e fazer novas mudas.


Solanum ovigerum - Seu cultivo é bem fácil, podendo ficar em vasos ou plantadas diretamente no solo. É bem resistente. Tem preferência por locais onde pegue sol, mas não em demasia. Aprecia solos férteis e regas diárias.

Para plantar as sementes deve-se usar terra vegetal, dessas que se compra em lojas de plantas.
Coloque a terra num vaso, cubra as sementes com um pouco de terra e molhe. Após 15 dias já estará aparecendo uma mudinha, em 30 dias ela já estará grande.

Solanum ovigerum, seus frutos permanecem imaturos por cerca de um mês, período em que se parece com ovo. Quando maduros, ficam amarelos, assemelhantes ao jiló, mas não são comestíveis.  Depois que caem seus frutos, a planta não mais os produz. É preciso retirar as sementes e fazer novas mudas.
Flor da planta-ovo


Solanum ovigerum, seus frutos permanecem imaturos por cerca de um mês, período em que se parece com ovo. Quando maduros, ficam amarelos, assemelhantes ao jiló, mas não são comestíveis.  Depois que caem seus frutos, a planta não mais os produz. É preciso retirar as sementes e fazer novas mudas.
Planta-ovo ou pé de ovo (Solanum ovigerum)

Solanum ovigerum, seus frutos permanecem imaturos por cerca de um mês, período em que se parece com ovo. Quando maduros, ficam amarelos, assemelhantes ao jiló, mas não são comestíveis.  Depois que caem seus frutos, a planta não mais os produz. É preciso retirar as sementes e fazer novas mudas.
Pé de ovo

Essa planta ornamental causa curiosidade pela aparência do seu fruto.  Após florescer, ela produz um fruto que é igual a um ovo de galinha.  O fruto permanece sem amadurecer por várias semanas, isso faz com que a planta fique carregada de “ovos” por bastante tempo, chamando bastante atenção de quem observa. Assim, essa é uma planta que enfeita muito bem os jardins, varandas e até interiores, desde que sejam bem iluminados.
Solanum ovigerum, seus frutos permanecem imaturos por cerca de um mês, período em que se parece com ovo.
Essa planta ornamental causa curiosidade pela aparência do seu fruto.  Após florescer, ela produz um fruto que é igual a um ovo de galinha.  O fruto permanece sem amadurecer por várias semanas, isso faz com que a planta fique carregada de “ovos” por bastante tempo, chamando bastante atenção de quem observa. Assim, essa é uma planta que enfeita muito bem os jardins, varandas e até interiores, desde que sejam bem iluminados.
Quando maduros, os frutos da planta-ovo se assemelham ao jiló

Essa planta ornamental causa curiosidade pela aparência do seu fruto.  Após florescer, ela produz um fruto que é igual a um ovo de galinha.  O fruto permanece sem amadurecer por várias semanas, isso faz com que a planta fique carregada de “ovos” por bastante tempo, chamando bastante atenção de quem observa. Assim, essa é uma planta que enfeita muito bem os jardins, varandas e até interiores, desde que sejam bem iluminados.
Planta-ovo cortada ao meio

Solanum ovigerum - Seu cultivo é bem fácil, podendo ficar em vasos ou plantadas diretamente no solo. É bem resistente. Tem preferência por locais onde pegue sol, mas não em demasia. Aprecia solos férteis e regas diárias.
Planta-ovo com fruto maduro

Solanum ovigerum - Seu cultivo é bem fácil, podendo ficar em vasos ou plantadas diretamente no solo. É bem resistente. Tem preferência por locais onde pegue sol, mas não em demasia. Aprecia solos férteis e regas diárias.
Planta-ovo ou pé de ovo (Solanum ovigerum)


(Fontes da pesquisa: shamballasgarden.com.br,criandoarteplantas.blogspot.com.br, plantas-ornamentais.blogspot.com.br/)

domingo, 26 de março de 2017

HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos

Buquês e arranjos de hortênsias na decoração - Um toque de luxo e clima especial para os eventos

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 
Com ares sofisticados, as hortênsias podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.

São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.

Buquês feitos com hortênsias ficam super elegantes, porém se o evento for numa época quente do ano, tome todos os cuidados necessários para evitar que murchem. Calor e falta de água não dão certo com estas delicadas flores.

VEJA TAMBÉM: 
Tudo sobre a hortênsia

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 


A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 


A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

A decoração com hortênsias é luxuosa e dá um clima todo especial a diversos eventos.   Com ares sofisticados, elas podem ser usadas  em arranjos de casa, em mesas, igrejas e até em buquês de noivas.  São flores muito versáteis e ficam bonitas quando colocadas em conjunto, misturando cores e também unindo com outras flores. Elas adaptam a diferentes estilos e ambientes, combinando com decorações formais e ainda com cerimônias ao ar livre.
HORTÊNSIAS - Buquês, arranjos e eventos 

(Fonte:detalhesdecasamentos.com.br)