sábado, 11 de março de 2017

CURIOSIDADES SOBRE AS BARATAS URBANAS

BARATAS - Afinal, tem alguma razão para a existência delas ?
Uma coisa é certa, ninguém quer ter baratas por perto! 


Que as baratas domésticas são asquerosas, inconvenientes e transmitem doenças, através das patas e fezes, todo mundo sabe. E que parecem imortais, também .  Já tive que "matar" a mesma barata várias vezes...aff!  Mas há muito mais...
Além de parecerem imortais, as baratas possuem outros super-poderes
Que as baratas domésticas são asquerosas, inconvenientes e transmitem doenças, através das patas e fezes, todo mundo sabe. E que parecem imortais, também .
Já tive que "matar" a mesma barata várias vezes...aff!
Mas há muito mais...

Para começar, as baratas mais fracas são capazes de viver três dias sem água e dois meses sem comida. E, as mais fortes, conseguem sobreviver cerca de um mês sem comida e sem água e aproximadamente dois meses só com a água.

Como se isso fosse pouco, as baratas ainda são meio zumbis; elas podem viver até semanas depois de terem perdido a cabeça.
Elas ainda possuem outros super-poderes, pois, conseguem perceber o perigo através de mudanças na corrente do ar à sua volta. E possuem pequenos pelos nas costas que funcionam como sensores, informando a hora e pra onde correr.
E, caso sejam alcançadas, elas possuem uma espécie de amortecedor para absorver os impactos recebidos. Ou seja, você dá-lhe uma chinelada, ela se agacha, se faz de morta e depois sai correndo. Nos engana bonitinho.
É resistência demais para um serzinho de tão difícil convivência!

Apesar de toda inconveniência das baratas, elas não são tão inúteis quanto pensamos.
Embora tenham uma atração especial por doces, alimentos gordurosos e de origem animal, as baratas são insetos que comem qualquer coisa. Mas, o principal é que elas se alimentam de matéria animal e vegetal mortos.

Portanto, caso fossem exterminadas em massa (coisa que é praticamente impossível de acontecer, já que elas parecem sobreviver a quase tudo nessa vida), as baratas nos fariam alguma falta, isso porque servem como lixeiras que ajudam a eliminar matéria orgânica morta.
Ou seja, se há lixo, é certo que haverá baratas, e lixo nas cidades é o que não falta!

Mas nem tudo está perdido, além dos chinelos, elas têm seus inimigos, os naturais: lagartixas, bactérias, formigas, vermes, fungos, protozoários e artrópodes, ou seja, os ácaros, aranhas, besouros, escorpiões, hemípteros e himenópteros e vertebrados. Todos eles incluem as baratas em seus cardápios.

Enfim, nessa vida, tudo está interligado. As baratas urbanas se tornaram uma praga, mas isso é devido à ação humana.
Nós criamos monstros e depois eles vêm nos aterrorizar!
além dos chinelos, elas têm seus inimigos, os naturais: lagartixas, bactérias, formigas, vermes, fungos, protozoários e artrópodes, ou seja, os ácaros, aranhas, besouros, escorpiões, hemípteros e himenópteros e vertebrados. Todos eles incluem as baratas em seus cardápios.
 As baratas são meio zumbis; elas podem viver até semanas depois de terem perdido a cabeça. 

Nenhum comentário: