domingo, 12 de março de 2017

LÓRIS - O ÚNICO PRIMATA VENENOSO

LÓRIS - O ÚNICO PRIMATA VENENOSO
 Lóris ou slow loris, com seu pelo macio, grandes olhos e aparência meiga e fofa, eles parecem bichos de pelúcia. No entanto, esses são os únicos primatas venenosos do mundo. Uma só mordida do animal é capaz de matar uma pessoa.
Lóris, com seu pelo macio, grandes olhos e aparência meiga e fofa, eles parecem bichos de pelúcia. No entanto, esses são os únicos primatas venenosos do mundo. Uma só mordida do animal é capaz de matar uma pessoa adulta.
Além de serem retirados de seus habitats, os lóris ainda passam pela tortura de terem seus dentes arrancados para evitar que mordam seus futuros donos ou os próprios traficantes.

A toxina é obtida ao lamberem uma glândula no braço, e a secreção é ativada quando em contato com a saliva. A toxina é espalhada pelo corpo e usada como repelente, contra insetos e predadores. É também aplicada como proteção para os filhotes.
Quando atacam, o veneno é transmitido através da mordida, que é capaz de causar necrose, podendo também causar choque anafilático e até mesmo matar uma pessoa.quando entra em contato com o sangue.

Mas nem o fato de ser venenoso impede que o lóris seja caçado, vendido ilegalmente e domesticado.
Além de serem removidos de seus habitats, os lóris ainda passam por outra tortura. Os animais tem seus dentes arrancados para evitar que mordam seus futuros donos ou os próprios traficantes.

Devido aos seus olhos grandes e redondos, que são uma adaptação à vida noturna, eles foram popularizados como animais “fofos” em vídeos virais no YouTube. Como animais de estimação, eles geralmente morrem de infecção, perda de sangue, manuseamento improprio ou nutrição inadequada.

nem o fato de ser venenoso impede que o lóris seja comercializado ilegalmente e domesticado. Esses mamíferos sofrem muito com o tráfico e domesticação. Depois de serem removidos de seus habitats, os lóris passam por mais tortura. Os animais tem seus dentes arrancados para evitar que mordam seus futuros donos ou os próprios traficantes.
Como animais de estimação, os lóris geralmente morrem de infecção, perda de sangue, manuseamento improprio ou nutrição inadequada.
Todas as espécies de lóris, ou slow loris, são ameaçadas trafico de animais selvagens e perda de seu habitat. Seus habitats estão desaparecendo rapidamente e se fragmentando; demandas insustentáveis desses animais como bichos de estimação exóticos e também para usos medicinais locais têm sido as maiores causas de seu declínio populacional.

O uso medicinal tem sido popularizado, e também as crenças nos poderes sobrenaturais dos slow loris, é atribuído a eles a capacidade de espantar espíritos malignos e curar feridas.
Apesar de leis locais que proíbem o comercio de slow loris e produtos dos mesmos, e ainda proteção contra o trafico, os lóris continuam sendo comercializados abertamente em mercados de animais no sudeste da Ásia ou contrabandeados para outros pais, como por exemplo o Japão.

nem o fato de ser venenoso impede que o lóris seja comercializado ilegalmente e domesticado. Esses mamíferos sofrem muito com o tráfico e domesticação. Depois de serem removidos de seus habitats, os lóris passam por mais tortura. Os animais tem seus dentes arrancados para evitar que mordam seus futuros donos ou os próprios traficantes.
LÓRIS - sua expectativa de vida é de 20 anos.
Evite domesticar animais silvestres, eles exigem cuidados específicos diferentes do que estamos acostumados a ter com nossos cães e gatos. Se ainda assim você quiser criar um animal desses, garanta que ele venha de criadouros legais e com toda documentação certificada pelo IBAMA. Informe-se sobre os cuidados que devem ser tomados, como alimentação, correta acomodação e cuidados veterinários.Não compre animais ilegais, ou você estará colaborando com o tráfico de animais, que os retira de seu habitat natural e muitas vezes os maltratam. Seja consciente e proteja o meio-ambiente!

Slow loris, de nome científico Nycticebus - seus predadores (além dos humanos) são cobras, águias e orangotangos. Eles são onívoros, comem pequenos animais, frutas e outras partes de plantas.
Na natureza, sua expectativa de vida é de 20 anos.

Devido aos seus olhos grandes e redondos, que são uma adaptação à vida noturna, eles foram popularizados como animais “fofos” em vídeos virais no YouTube. Como animais de estimação, eles geralmente morrem de infecção, perda de sangue, manuseamento improprio ou nutrição inadequada.
Slow loris, de nome científico Nycticebus

(Fontes da pesquisa: wikipedia, biologiatotal.com.br)

Nenhum comentário: