quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

ADESTRAMENTO ATRAVÉS DE BRINCADEIRAS

ADESTRANDO COM BRINCADEIRAS - Divertido e eficaz
Adestre brincando com seu cão. Durante as brincadeiras, com uma simples bolinha ou outro brinquedo, você pode ensinar comandos valiosos ao animal. E o melhor; é sem tédio, gritos ou surras!

Adestre brincando com seu cão. Durante as brincadeiras, com uma simples bolinha ou outro brinquedo, você pode ensinar comandos valiosos ao animal. E o melhor; é sem tédio, gritos ou surras!
ADESTRAMENTO ATRAVÉS DE BRINCADEIRAS
Quando as pessoas pensam sobre o treinamento de reforço positivo, sempre pensam em usar alimento como recompensa. Biscoitos e outros alimentos são grandes motivadores, mas não são os únicos.
Você como utilizar brincadeiras para conquistar bons comportamentos de seu cãozinho.
Cabo-de-guerra e bolinhas são ótimas sugestões de brincadeiras

Antes de começar
Adestre brincando com seu cão. Durante as brincadeiras, com uma simples bolinha ou outro brinquedo, você pode ensinar comandos valiosos ao animal. E o melhor; é sem tédio, gritos ou surras!
ADESTRAMENTO ATRAVÉS DE BRINCADEIRAS
Embora seja possível treinar novos comandos para seu cão durante um jogo, geralmente é melhor usar desses jogos para reforçar comandos que ele já sabe. Ao treinar novos comandos para seu cão, procure faze-lo em locais com baixos ruídos e distrações. Como joguinhos de buscar bolinha ou cabo-de-guerra geralmente envolvem ambas situações, ajuda bastante se você introduzir os comandos que deseja trabalhar antes mesmo de começa os jogos.

Faça o cãozinho se mexer antes de brincar
A grande maioria dos cachorros entende rapidamente que ver um brinquedo, bola ou um puxão significa que a brincadeira está prestes a começar. Antes de começar, mostre o brinquedo, mas o mantenha fora do alcance do cão. Passe o comando: "senta!", ou "pra baixo!". Assim que ele obedecer, comece a brincar (seja jogar bolinha para ele buscar ou cabo-de-guerra).

Se o cão não responde seu comando, ou leva tempo demais para responder, "saia de cena" por alguns minutos. Depois volte para o pet e dê o comando novamente. A maioria dos cãezinhos aprende rapidamente que, quanto mais rápido eles responderem ao comando, mais rápido a diversão começa.

Adestre seu cão brincando
Cachorro é inteligente. Ele aprende rapidinho!
Logo que começa a brincar com seu filhote, você já tem muitas chances de reforçar o aprendizado dele. Você pode praticar o comando "solta!", quando seu cão tem o brinquedo ou a bola na boca. Se ele soltar, retome imediatamente a brincadeira. Se ele não deixar cair a bolinha ou brinquedo, vire as costas e se afaste por um tempo.
É interessante como logo ele aprende que a brincadeira só continua quando ele deixar cair a bolinha na hora do comando.

Adestre brincando com seu cão. Durante as brincadeiras você pode ensinar comandos valiosos ao animal. E o melhor é que é sem tédio, gritos ou surras!
Adestre brincando com seu cão
Acabe com comportamentos indesejados
Brincadeiras são também oportunidades para acabar com comportamentos indesejados de seu cãozinho, como saltos e mordidas. Fazer isso é fácil, basta parar de brincar a qualquer momento que o cão apresentar o mau comportamento.

Por exemplo, se você estiver brincando de cabo-de-guerra e seu cachorro belisca sua mão, em tentativa a obter melhor posição na brincadeira, diga alguma palavra de ordem como "feio!" ou, "errado!" e pare de brincar.

O mesmo serve para cãezinhos que saltam para agarrar brinquedos longe de você. Termine a brincadeira e guarde o brinquedo. Seu cachorrinho vai aprender rápido que o mau comportamento põe fim nos joguinhos que ele tanto gosta.

Solucionando problemas
Se seu cão insiste em não responder os comandos, ele pode não estar entendendo direito o que você está pedindo. "Volte um pouco os passos" e comece a trabalhar os comandos em um local com o menor nível de distrações possível em várias sessões de treino.

Depois que seu cachorro compreender o que você está pedindo, você pode tentar incorporar novos treinamentos em novas brincadeiras.



VEJA TAMBÉM:
Todas as postagens da série 'Adestramento - quem ama, educa'
https://mundoanimalevidaselvagem.blogspot.com.br/2017/01/adestramento-fundamentos-basicos-para.html
https://mundoanimalevidaselvagem.blogspot.com.br/2017/01/primeiros-entendimentos-sobre.html
https://mundoanimalevidaselvagem.blogspot.com.br/2017/01/adestramento-de-caes-quem-ama-educa.html

Adestre brincando com seu cão. Durante as brincadeiras, com uma simples bolinha ou outro brinquedo, você pode ensinar comandos valiosos ao animal. E o melhor; é sem tédio, gritos ou surras!
Adestre brincando com seu cão



(Fontes da matéria: http://blog.petitesofie.com.br/2014/12/06-etapas-para-adestrar-seu-cao.html)

FLOR DO DIA - GIRASSOL

FLOR DO DIA - GIRASSOL

A planta produz grandes flores, com aproximadamente 30 cm de diâmetro, e caule que pode atingir até 3 metros de altura.  E, como seu próprio nome diz, a flor apresenta o comportamento de girar, acompanhando a movimentação do Sol. Esse comportamento vegetal é chamado de heliotropismo.
FLOR DO DIA - GIRASSOL
A planta produz grandes flores, com aproximadamente 30 cm de diâmetro, e caule que pode atingir até 3 metros de altura.
E, como seu próprio nome diz, a flor apresenta o comportamento de girar, acompanhando a movimentação do Sol. Esse comportamento vegetal é chamado de heliotropismo.

A planta produz grandes flores, com aproximadamente 30 cm de diâmetro, e caule que pode atingir até 3 metros de altura.  E, como seu próprio nome diz, a flor apresenta o comportamento de girar, acompanhando a movimentação do Sol. Esse comportamento vegetal é chamado de heliotropismo.
FLOR DO DIA - GIRASSOL


O girassol (Helianthus annuus), da família das Asteraceae. Originária da América do Norte, onde era cultivada por povos indígenas para alimentação,uma planta anual .
A planta produz grandes flores, com aproximadamente 30 cm de diâmetro, e caule que pode atingir até 3 metros de altura.  E, como seu próprio nome diz, a flor apresenta o comportamento de girar, acompanhando a movimentação do Sol. Esse comportamento vegetal é chamado de heliotropismo.
FLOR DO DIA - GIRASSOL
O girassol (Helianthus annuus), da família das Asteraceae. Originária da América do Norte, onde era cultivada por povos indígenas para alimentação,uma planta anual .
FLOR DO DIA - GIRASSOL



O girassol (Helianthus annuus), da família das Asteraceae. Originária da América do Norte, onde era cultivada por povos indígenas para alimentação,uma planta anual .
FLOR DO DIA - GIRASSOL

Beija-flor-do-pescoço-vermelho albino

BEIJA-FLOR-DO-PESCOÇO-VERMELHO ALBINO - Um espécime de extrema raridade

BEIJA-FLOR-DO-PESCOÇO-VERMELHO ALBINO - Um espécime de extrema raridade
Beija-flor-do-pescoço-vermelho albino
A espécie é nativa das Américas do Norte e Central e, embora a espécie não esteja em risco de extinção, este exemplar, no entanto, nasceu com uma mutação genética que deixou suas penas e pele brancas, e esse é um fato considerado raro.
A espécie é nativa das Américas do Norte e Central e, embora a espécie não esteja em risco de extinção, este exemplar, no entanto, nasceu com uma mutação genética que deixou suas penas e pele brancas, e esse é um fato considerado raro.
Beija-flor-do-pescoço-vermelho albino

O beija-flor albino está desaparecendo da natureza por ser  alvo fácil de predadores, e porque sua anomalia genética o deixa vulnerável a doenças.

Beija-flor-do-pescoço-vermelho albino (Archilochus colubris)
 Beija-flor-do-pescoço-vermelho albino (Archilochus colubris)


Beija-flor-do-pescoço-vermelho albino (Archilochus colubris)

Beija-flor-do-pescoço-vermelho albino (Archilochus colubris)


Beija-flor-do-pescoço-vermelho albino (Archilochus colubris)


Archilochus colubris
Beija-flor-do-pescoço-vermelho , sem albinismo (Archilochus colubris)

(Fonte da informação:www.anda.jor.br)

BEIJA-FLOR Maravilhosos spatuletails

Maravilhosos spatuletails - são beija-flores encontrados apenas em uma remota floresta no norte do Peru.

Eles se destacas por ter a cauda com apenas quatro penas. E, no macho, as penas das extremidades são bastante alongadas e terminam em um disco azul .
Maravilhosos spatuletails
 Eles se destacas por ter a cauda com apenas quatro penas. E, no macho, as penas das extremidades são bastante alongadas e terminam em um disco azul .
 são beija-flores encontrados apenas em uma remota floresta no norte do
Maravilhosos spatuletails

Devido a essa cauda chamativa, o pássaro é constantemente caçado e encontra-se em em extinção.

Eles se destacas por ter a cauda com apenas quatro penas. E, no macho, as penas das extremidades são bastante alongadas e terminam em um disco azul .
Maravilhosos spatuletails

Devido a essa cauda chamativa, o pássaro é constantemente caçado e encontra-se em em extinção.
Maravilhosos spatuletails


BEIJA-FLOR PRETO - UMA RARIDADE

Beija-flor preto
Ao contrário dos outros beija-flores, sempre com seu colorido brilhantes, o que se destaca no beija-flor preto é o contraste que ele exibe entre suas duas únicas cores.  

O contraste de sua plumagem se mostra quando o pássaro abre a cauda em um leque branco, cortado em duas metades pelas centrais negras. Ou quando abre e fecha rápido as caudais.  O branco da cauda continua até a base da asa, formando uma faixa lateral.
Beija-flor preto (Florisuga fusca) 
O contraste de sua plumagem se mostra quando o pássaro abre a cauda em um leque branco, cortado em duas metades pelas centrais negras. Ou quando abre e fecha rápido as caudais.
O branco da cauda continua até a base da asa, formando uma faixa lateral.
O contraste de sua plumagem se mostra quando o pássaro abre a cauda em um leque branco, cortado em duas metades pelas centrais negras. Ou quando abre e fecha rápido as caudais.  O branco da cauda continua até a base da asa, formando uma faixa lateral.
Beija-flor preto (Florisuga fusca) 
Os indivíduos jovens são negros manchados de pardo. Apresentam uma faixa maxilar castanha, cauda canela ou negra, sendo brancas somente em pequenas faixas laterais.

Ao contrário dos outros beija-flores, sempre com seu colorido brilhantes, o que se destaca no beija-flor preto é o contraste que ele exibe entre suas duas únicas cores.
Beija-flor preto (Florisuga fusca) 
Beija-flor preto (Florisuga fusca) - Esta espécie de beija-flor possui em média 12,6 centímetros.


Ao contrário dos outros beija-flores, sempre com seu colorido brilhantes, o que se destaca no beija-flor preto é o contraste que ele exibe entre suas duas únicas cores.
Beija-flor preto (Florisuga fusca) 

Os indivíduos jovens são negros manchados de pardo. Apresentam uma faixa maxilar castanha, cauda canela ou negra, sendo brancas somente em pequenas faixas laterais.
Beija-flor preto (Florisuga fusca) 



(Fonte:http://www.wikiaves.com.br)

PATOS-MANDARIM - Uma ave que parece pintada a pincel

PATO-MANDARIM - UMA AVE ORNAMENTAL, QUE PARECE PINTADA A PINCEL

O mandarim macho adulto é uma ave marcante e inconfundível.  Possui um bico vermelho, faixas brancas crescentes acima dos olhos, uma face avermelhada e "bigodes". O peito é roxo com duas faixas verticais, os flancos rosados, com duas faixas laranjas que deslizam pelas costas.
PATO-MANDARIM - PARECE PINTADO A PINCEL!
O mandarim macho adulto é uma ave marcante e inconfundível.
Possui um bico vermelho, faixas brancas crescentes acima dos olhos, uma face avermelhada e "bigodes". O peito é roxo com duas faixas verticais, os flancos rosados, com duas faixas laranjas que deslizam pelas costas.
Ao contrário de outras espécies de patos, o pato mandarim permanece com a parceira com a qual acasalou para o resto da vida. Inclusive auxilia no cuidado com os filhotes.
PATO-MANDARIM - PARECE PINTADO A PINCEL!

A fêmea tem sua plumagem com um anel branco em volta do olho e desenhado para a parte de trás do olho, esbranquiçada na parte debaixo, com uma pequena faixa branca na lateral e esbranquiçada também na ponta do bico.

PATO-MANDARIM - PARECE PINTADO A PINCEL!
Ao contrário de outras espécies de patos, o mandarim permanece com a parceira com a qual acasalou para o resto da vida. Inclusive auxilia no cuidado com os filhotes.

Ao contrário de outras espécies de patos, o pato mandarim permanece com a parceira com a qual acasalou para o resto da vida. Inclusive auxilia no cuidado com os filhotes.
PATO-MANDARIM - PARECE PINTADO A PINCEL!
No meio selvagem, os mandarins ficam em lugares densamente arborizados, próximos de lagos, pântanos e lagoas. Eles fazem seus ninhos nas cavidades das árvores, próximas da água. Os machos não participam da incubação, no entanto, logo após o nascimento dos filhotes, a fêmea voa de volta ao chão e chama os filhotes para saltarem do ninho. Depois que todos os filhotes estão fora da árvore, eles seguem a mãe para a massa de água mais próxima onde eles normalmente encontram o pai, que irá se unir novamente à família e proteger os filhotes junto com a mãe.

No meio selvagem, os mandarins ficam em lugares densamente arborizados, próximos de lagos, pântanos e lagoas. Eles fazem seus ninhos nas cavidades das árvores, próximas da água. Os machos não participam da incubação, no entanto, logo após o nascimento dos filhotes, a fêmea voa de volta ao chão e chama os filhotes para saltarem do ninho. Depois que todos os filhotes estão fora da árvore, eles seguem a mãe para a massa de água mais próxima onde eles normalmente encontram o pai, que irá se unir novamente à família e proteger os filhotes junto com a mãe.
PATO-MANDARIM - PARECE PINTADO A PINCEL!
Mas, mesmo com os dois pais zelando pela segurança dos filhotes, a maioria deles não consegue chegar na idade adulta.

No meio selvagem, os mandarins ficam em lugares densamente arborizados, próximos de lagos, pântanos e lagoas. Eles fazem seus ninhos nas cavidades das árvores, próximas da água. Os machos não participam da incubação, no entanto, logo após o nascimento dos filhotes, a fêmea voa de volta ao chão e chama os filhotes para saltarem do ninho. Depois que todos os filhotes estão fora da árvore, eles seguem a mãe para a massa de água mais próxima onde eles normalmente encontram o pai, que irá se unir novamente à família e proteger os filhotes junto com a mãe.
PATO-MANDARIM - PARECE PINTADO A PINCEL!
O Pato-mandarim (Aix galericulata), marreco-mandarim ou apenas mandarim, é um pato de médio porte, que pode ser encontrado nas seguintes variações: colorido, cor-de-canela e branco. Mede de 41 a 49 cm de comprimento, com uma envergadura de 65 a 75 cm.


O Pato-mandarim (Aix galericulata), marreco-mandarim ou apenas mandarim, é um pato de médio porte. Mede de 41 a 49 cm de comprimento, com uma envergadura de 65 a 75 cm.
PATO-MANDARIM - PARECE PINTADO A PINCEL!

O Pato-mandarim (Aix galericulata), marreco-mandarim ou apenas mandarim, é um pato de médio porte. Mede de 41 a 49 cm de comprimento, com uma envergadura de 65 a 75 cm.
PATO-MANDARIM - PARECE PINTADO A PINCEL!

O Pato-mandarim (Aix galericulata), marreco-mandarim ou apenas mandarim, é um pato de médio porte. Mede de 41 a 49 cm de comprimento, com uma envergadura de 65 a 75 cm.
PATO-MANDARIM - PARECE PINTADO A PINCEL!
O Pato-mandarim (Aix galericulata), marreco-mandarim ou apenas mandarim, é um pato de médio porte. Mede de 41 a 49 cm de comprimento, com uma envergadura de 65 a 75 cm.
PATO-MANDARIM BRANCO 

No meio selvagem, os mandarins ficam em lugares densamente arborizados, próximos de lagos, pântanos e lagoas. Eles fazem seus ninhos nas cavidades das árvores, próximas da água. Os machos não participam da incubação, no entanto, logo após o nascimento dos filhotes, a fêmea voa de volta ao chão e chama os filhotes para saltarem do ninho. Depois que todos os filhotes estão fora da árvore, eles seguem a mãe para a massa de água mais próxima onde eles normalmente encontram o pai, que irá se unir novamente à família e proteger os filhotes junto com a mãe.
PATO-MANDARIM BRANCO

Ao contrário de outras espécies de patos, o mandarim permanece com a parceira com a qual acasalou para o resto da vida. Inclusive auxilia no cuidado com os filhotes.
PATO-MANDARIM BRANCO

O Pato-mandarim (Aix galericulata), marreco-mandarim ou apenas mandarim, é um pato de médio porte. Mede de 41 a 49 cm de comprimento, com uma envergadura de 65 a 75 cm.
PATO-MANDARIM BRANCO

(Fonte:https://pt.wikipedia.org/wiki/Aix_galericulata, fotos da internet)