segunda-feira, 13 de março de 2017

MARTIM PESCADOR - Cada mergulho é um fish !

O martim pescador tem uma lindíssima variação de cores, mas o que mais impressiona nele é a incrível habilidade com que ele pesca.
A cada mergulho, é certo que ele retornará com um peixinho no bico.
O martim pescador tem uma lindíssima variação de cores, mas o que mais impressiona nele é a incrível habilidade com que ele pesca.  A cada mergulho, é certo que ele retornará com um peixinho no bico.
A plumagem é exuberante com frequência de cores azuis ou verdes.

Embora sua dieta varie de acordo com as condições ambientais, passando por insectos ou pequenos vertebrados, ela composta, basicamente, de peixes.
O martim conta com o apurado sentido de visão para localizar a presa dentro de água, daí, é mergulhar e capturar o peixe.

São aves de pequeno a médio porte, 10 a 46 cm de comprimento. A plumagem é exuberante com frequência de cores azuis ou verdes, o pescoço curto, com cabeça relativamente grande em relação ao corpo e um bico longo e robusto. As asas são arredondadas e a cauda é curta.
São aves monogâmicas que formam casais permanentes na maioria das espécies.

Graças a sua rapidez, a ave adulta não faz parte da dieta fundamental de nenhum outro animal, mas os ninhos e os filhotes jovens , esses estão mais expostos e podem ser atacados por cobras, doninhas ou primatas, sobretudo, as aves de rapina.

Embora sua dieta varie de acordo com as condições ambientais, passando por insectos ou pequenos vertebrados, ela composta, basicamente, de peixes.  O martim conta com o apurado sentido de visão para localizar a presa dentro de água, daí, é mergulhar e capturar o peixe.
MARTIM PESCADOR - Cada mergulho é um fish !
Martim-pescador, também conhecido como: martim, martim-grande, papa-peixe, pica-peixe, ariramba, urarirana e guarda-rios.
As aves coraciformes, pertencentes à família Alcedinidae, da qual o martim é membro, inclui 95 espécies. O grupo está presente em todos os continentes, excepto nas regiões polares e na maioria das ilhas oceânicas.
Também vivem em manguezais. A maior diversidade encontra-se nas zonas de clima tropical, em particular na Oceania, enquanto que nas Américas ocorrem apenas seis espécies. O grupo habita zonas florestadas, preferencialmente junto de rios ou lagos.

Essas aves estão classificadas como "vulneráveis" ou "em perigo"de extinção. No entanto, a ameaça é devido à redução de habitat, poluição dos rios e envenenamentos por pesticidas.
São aves de pequeno a médio porte, 10 a 46 cm de comprimento. A plumagem é exuberante com frequência de cores azuis ou verdes, o pescoço curto, com cabeça relativamente grande em relação ao corpo e um bico longo e robusto. As asas são arredondadas e a cauda é curta. São aves monogâmicas que formam casais permanentes na maioria das espécies.
MARTIM PESCADOR - Cada mergulho é um fish !


FLOR DO DIA - ALCACHOFRA, Uma Planta Comestível, Medicinal e Ornamental

FLOR DO DIA - ALCACHOFRA
Ela pode ficar melhor no prato e na xícara de que no jarro.
Isso porque, além dela não ter a aparência das mais exuberantes, a alcachofra tem um amplo uso medicinal e culinário. 
É nutritiva e apreciada no preparo de pratos especiais, e utilizada em chás emagrecedores. 
Mas a alcachofra pode ser utilizada, também, como planta ornamental, principalmente durante o florescimento.
Além de não ser das plantas mais exuberantes em sua aparência, a alcachofra tem um amplo uso medicinal e culinário.  É nutritiva e apreciada no preparo de pratos especiais, e utilizada como emagrecedor.  Mas a alcachofra pode ser utilizada, também, como planta ornamental, principalmente durante o florescimento.
Flor da alcachofra

O pé de alcachofra apresenta folhas dispostas em roseta, longas, com cerca de um metro de comprimento, espinhentas.
Além de não ser das plantas mais exuberantes em sua aparência, a alcachofra tem um amplo uso medicinal e culinário.  É nutritiva e apreciada no preparo de pratos especiais, e utilizada como emagrecedor.  Mas a alcachofra pode ser utilizada, também, como planta ornamental, principalmente durante o florescimento.
Pé de alcachofra
 Do centro da planta surge uma haste floral alongada, onde são produzidos as alcachofras, que são inflorescências grandes, reunindo numerosas flores púrpuras e cobertas de grossas brácteas membranáceas.








As partes comestíveis da alcachofra são as conhecidas por escamas ou pétalas, que apresentam uma base carnosa, e se inserem em um receptáculo também carnoso, achatado e também comestível.
Além de não ser das plantas mais exuberantes em sua aparência, a alcachofra tem um amplo uso medicinal e culinário.  É nutritiva e apreciada no preparo de pratos especiais, e utilizada como emagrecedor.  Mas a alcachofra pode ser utilizada, também, como planta ornamental, principalmente durante o florescimento.
Parte comestível da alcachofra
Para uso culinário, as alcachofras devem ser colhidas antes da abertura das flores, com as brácteas ainda aderidas e arroxeadas, pois tornam-se muito duras depois. Elas podem ser preparadas cozidas ou assadas em diversos pratos quentes ou até mesmo em deliciosas conservas. Os “espinhos” das brácteas só devem ser retirados após o cozimento. É uma hortaliça muito nutritiva, saborosa e requintada, valorizando refeições especiais.




A alcachofra é uma planta medicinal, o chá preparado com suas folhas é muito utilizada para emagrecer.
A alcachofra é uma planta medicinal, o chá preparado com suas folhas é muito utilizada para emagrecer.  Chá de alcachofra As propriedades da alcachofra incluem a ação anti esclerótica, depurativa do sangue, digestiva, diurética, laxante, anti-reumática, anti-tóxica, hipo tensora e anti-térmica. Serve para ajudar no tratamento de anemia, aterosclerose, colesterol alto, diabetes, doenças do coração, febre, fígado, fraqueza, gota, hemorroidas, hemofilia, pneumonia, reumatismo, sífilis, tosse, ureia, urticária e problemas urinários.
Chá de alcachofra
As propriedades da alcachofra incluem a ação anti esclerótica, depurativa do sangue, digestiva, diurética, laxante, anti-reumática, anti-tóxica, hipo tensora e anti-térmica.
Serve para ajudar no tratamento de anemia, aterosclerose, colesterol alto, diabetes, doenças do coração, febre, fígado, fraqueza, gota, hemorroidas, hemofilia, pneumonia, reumatismo, sífilis, tosse, ureia, urticária e problemas urinários.



A alcachofra é uma planta nativa das regiões do Sul da Europa e o Norte da África. É uma espécie de clima temperado, que rebrota todos os anos após o inverno.
As principais variedades de alcachofra são: Violeta de Provença, Roxa de São Roque, Verde Laon, Camus da Bretanha e Roxa da Romanha. Pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação, feiras livres e alguns mercados.  Alcachofra, também conhecida como Alcachofra-hortense ou Alcachofra comum, seu nome científico é Cynara scolymus.
Flor da alcachofra

As principais variedades de alcachofra são: Violeta de Provença, Roxa de São Roque, Verde Laon, Camus da Bretanha e Roxa da Romanha.
Pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação, feiras livres e alguns mercados.

Alcachofra, também conhecida como Alcachofra-hortense ou Alcachofra comum, seu nome científico é Cynara scolymus.






Para uso culinário, as alcachofras devem ser colhidas antes da abertura das flores, com as brácteas ainda aderidas e arroxeadas, pois tornam-se muito duras depois. Elas podem ser preparadas cozidas ou assadas em diversos pratos quentes ou até mesmo em deliciosas conservas. Os “espinhos” das brácteas só devem ser retirados após o cozimento. É uma hortaliça muito nutritiva, saborosa e requintada, valorizando refeições especiais.
Alcachofra recheada
(Fontes da pesquisa: http://www.jardineiro.net/,portalsaofrancisco.com.br,https://www.tuasaude.com)