segunda-feira, 11 de setembro de 2017

CORAÇÃO MAGOADO - Iresine Herbstii

Coração-magoado - É um arbusto ou folhagem excelente para produzir contrastes de cores que estimulam os sentidos no jardim. Suas folhas arredondas são roxas com nervuras vermelhas e rosadas, ou verdes com nervuras de coloração creme . As ramagens  acompanham a coloração das folhas, e são bastante ramificada e ereta. As flores pequenas e claras são formadas em inflorescências no verão.
 

Suas folhas arredondas são roxas com nervuras vermelhas e rosadas, ou verdes com nervuras de coloração creme . As ramagens  acompanham a coloração das folhas, e são bastante ramificada e ereta. As flores pequenas e claras são formadas em inflorescências no verão.
CORAÇÃO MAGOADO - Iresine Herbstii 
É uma planta rústica e versátil, que pode ser apresentada em maciços, bordaduras, renques ou composições com outras plantas.
Devem ser cultivadas a pleno sol ou meio período, em solo fértil enriquecido com matéria orgânica, com regas regulares. Para se obter um efeito bem compacto na planta, devemos realizar podas de formação e manutenção. Não é tolerante ao frio extremo. Multiplica-se por estacas.


Suas folhas arredondas são roxas com nervuras vermelhas e rosadas, ou verdes com nervuras de coloração creme . As ramagens  acompanham a coloração das folhas, e são bastante ramificada e ereta. As flores pequenas e claras são formadas em inflorescências no verão.
CORAÇÃO MAGOADO - Iresine Herbstii 

domingo, 10 de setembro de 2017

Dia do Veterinário

Dia 09 de Setembro Comemora-se o Dia do Veterinário

Veterinários - chuva ou faça sol, são eles que estão sempre prontos para cuidar do nosso melhor amigo! Parabéns a todos esses profissionais tão queridos!
Dia do Veterinário
Para ser um veterinário, é necessário estudar Medicina Veterinária, e também ser muito dedicado, paciente, carinhoso e acima de tudo, amar os animais. Pois são eles que dedicam à vida cuidando dos bichinhos que tanto amamos. Esta é uma profissão que exige muita dedicação!
Dia do Veterinário
Sabe aquele bichinho de estimação que você tem em casa, seja ele, um passarinho, gato ou cachorro? É o veterinário o responsável por cuidar da saúde, bem estar, e higiene desses e de todos os outros animais.

Para ser um veterinário, é necessário estudar Medicina Veterinária, e também ser muito dedicado, paciente, carinhoso e acima de tudo, amar os animais. Pois são eles que dedicam à vida cuidando dos bichinhos que tanto amamos. Esta é uma profissão que exige muita dedicação!

Pois faça chuva ou faça sol, são eles que estão sempre prontos para cuidar do nosso melhor amigo! Parabéns a todos esses profissionais tão queridos!

Sabe aquele bichinho de estimação que você tem em casa, seja ele, um passarinho, gato ou cachorro? É o veterinário o responsável por cuidar da saúde, bem estar, e higiene desses e de todos os outros animais.
Dia do Veterinário

sábado, 26 de agosto de 2017

ARANHA SALTADORA

ARANHA SALTADORA - PARAPHIDIPPUS AURANTIUS
Seu nome popular vem do fato dela ser capaz de pular, em média, uma altura 50 vezes maior do que seu próprio tamanho.
ARANHA SALTADORA
Seu nome popular vem do fato dela ser capaz de pular, em média, uma altura 50 vezes maior do que seu próprio tamanho.
Considerando que ela mede apenas cinco milímetros de comprimento, não é grandes coisas, mas é bom ficar longe, pois a criatura, além de horripilante, é venenosa.
Seu nome popular vem do fato dela ser capaz de pular, em média, uma altura 50 vezes maior do que seu próprio tamanho.
ARANHA SALTADORA

São conhecidas popularmente também como aranhas papa-moscas, com distribuição quase mundial. Estas aranhas não fazem teia para caçar, mas ficam à espera, saltando rapidamente sobre a presa. Podem saltar também para se movimentarem, ou para fugirem aos predadores.

Seu nome popular vem do fato dela ser capaz de pular, em média, uma altura 50 vezes maior do que seu próprio tamanho.
ARANHA SALTADORA

Considerando que ela mede apenas cinco milímetros de comprimento, não é grandes coisas, mas é bom ficar longe, pois a criatura, além de horripilante, é venenosa.
ARANHA SALTADORA

Considerando que ela mede apenas cinco milímetros de comprimento, não é grandes coisas, mas é bom ficar longe, pois a criatura, além de horripilante, é venenosa.
ARANHA SALTADORA


quinta-feira, 6 de julho de 2017

COMO PLANTAR ALHO EM CASA

PLANTANDO ALHO EM CASA

Dizem que quem planta, colhe. Então, que tal colher seu próprio alho, livre de agrotóxicos e a custo zero?
Bom, mas antes de partir para a empreitada do plantio, é bom se informar sobre a planta.

Eis o resumo de tudo que pesquisei:
O alho não é muito exigente quanto ao solo, podendo ser plantado em solos menos férteis, mas o ideal é um solo leve, bem drenado e rico em matéria orgânica. Ele também não exige muito espaço, podendo ser cultivado em canteiros ou vasos, pois a planta não possui raízes profundas, não se espalha pela terra e a planta não ultrapassa os 120 com de altura. O tempo entre o plantio e a colheita do alho varia, dependendo do clima local, da espécie selecionada e do tipo de solo, de 4 a 8 meses.
COMO PLANTAR ALHO EM CASA
 
O alho não é muito exigente quanto ao solo, podendo ser plantado em solos menos férteis, mas o ideal é um solo leve, bem drenado e rico em matéria orgânica.
Ele também não exige muito espaço, podendo ser cultivado em canteiros ou vasos, pois a planta não possui raízes profundas, não se espalha pela terra e a planta não ultrapassa os 120 com de altura.
O tempo entre o plantio e a colheita do alho varia, dependendo do clima local, da espécie selecionada e do tipo de solo, de 4 a 8 meses.

- Clima
O alho pode ser cultivado em diversos climas. No entanto, é necessário que haja um período de frio no início ou na metade de ciclo de cultivo para estimular a formação da cabeça do alho.
O ideal são temperaturas amenas enquanto as plantas crescem, com um período de baixas temperaturas no estágio em que os bulbos devem começar a se formar, seguido de meses mais quentes na época de maturação das cabeças.
Geralmente o plantio é realizado no outono ou no fim do verão.

- Luminosidade
Um cuidado necessário para ter sucesso ao plantar alho é lhe oferecer algumas horas de luz, do nascer ao pôr do sol. Ele precisa receber luz solar direta pelo menos por algumas horas diariamente.

- Irrigação
O alho deve ser irrigado com frequência para que o solo seja mantido sempre úmido durante a fase inicial de crescimento da planta. Diminua a frequência das irrigações quando a estiver crescendo. E suspenda a irrigação cerca de 10 a 20 dias antes da colheita.

- Plantio
O alho pode ser cultivado a partir de sementes, mas é muito mais comum plantar os dentes do alho. Dentes muito finos, danificados ou com sinais de apodrecimento devem ser descartados.

É muito importante plantar os dentes na posição correta, com a parte mais fina do dente voltada para cima. Plante cada dente a uma profundidade de 3 a 5 cm.
O espaçamento pode ser de 10 cm entre as plantas. Mas espaçamentos maiores que esses propiciam que as plantas gerem cabeças maiores. O alho também pode ser cultivado facilmente em vasos e jardineiras. A planta pode atingir de 30 cm a até 120 cm de altura,

A colheita do alho ocorre de 16 a 36 semanas após o plantio, dependendo da cultivar utilizada, da região onde o plantio é realizado, da época do ano, etc. Quando as folhas mais velhas amarelam e começam a secar, é tempo de colher o alho.
COMO PLANTAR ALHO EM CASA
 - Colheita do alho
A colheita do alho ocorre de 16 a 36 semanas após o plantio, dependendo da cultivar utilizada, da região onde o plantio é realizado, da época do ano, etc.
Quando as folhas mais velhas amarelam e começam a secar, é tempo de colher o alho.

As cabeças de alho estão prontas para a colheita quando as folhas mais velhas começarem a amarelar e secar. Arranque a planta inteira, sem destacar as folhas, preferencialmente em dias secos e ensolarados.

- IMPORTANTE:
A cura é o processo em que o alho perde o excesso de água e consiste em deixar os bulbos secando ao sol por alguns dias. Após este período, quando as folhas e a camada externa dos bulbos estiverem completamente secas, os bulbos podem ser armazenados em locais frescos e secos, em tranças, amarrados em varais de madeira ou bambu, ou em bandejas. É importante para a conservação das cabeças de alho mantê-las em ambiente seco e com boa ventilação. As cabeças de alho podem ser armazenadas por até quase um ano, dependendo da cultivar e das condições de armazenagem. Dentes soltos e cabeças danificadas não duram muito tempo

Uma das opções para armazenar o alho é fazer tranças com as próprias folhas da planta e então deixá-las penduradas em local seco e ventilado


Fonte da pesquisa: http://revistagloborural.globo.com, hortas.info/como-plantar-alho, entre outras.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

MARIPOSA VAMPIRO - Calyptra thalictri

MARIPOSA VAMPIRO - UMA CRIATURA REAL

Muita gente tem verdadeira aversão à mariposas, e isso apenas por se tratar de um inseto ou pelos mitos e crenças que as cercam. Imaginem então, sabendo que algumas delas são verdadeiras vampiras e que podem nos atacar ?!!
Assista ao vídeo no fim da postagem e veja essa criatura macabra em ação.
Muita gente tem verdadeira aversão à mariposas, e isso apenas por se tratar de um inseto e pelos mitos e lendas que as rodeiam. Imaginem então, sabendo que algumas delas são verdadeiras vampiras e que podem nos atacar ?!! Assista ao vídeo no fim da postagem e veja essa criatura macabra em ação.
MARIPOSA VAMPIRO - Calyptra thalictri

Nem todas as mariposas vivem apenas de néctar. Além daquelas que se alimentam de carne em decomposição, suor e de sangue derramado, ainda temas que atacam animais vivos, incluindo humanos, para sugar seu sangue.

As mariposas Calyptra thalictri usam suas línguas cheias de espinhos para beber o sangue de vertebrados, incluindo humanos. Algumas espécies são capazes de atacar e perfurar a pele de bichos ainda maiores, como elefantes.

Nem todas as mariposas vivem apenas de néctar. Além daquelas que se alimentam de carne em decomposição, suor e de sangue derramado, ainda temas que atacam animais vivos, incluindo humanos, para sugar seu sangue.
MARIPOSA VAMPIRO - Calyptra thalictri
Os pesquisadores acreditam que os machos dessa espécie sugam o sangue afim de serem capazes de dar um “presente sexual” para as fêmeas. De forma que, aqueles que se alimentam de sangue, podem passar o teor de sal obtido a partir do líquido para as fêmeas durante o acasalamento, dando a suas larvas uma melhor nutrição.
As mariposas Calyptra thalictri usam suas línguas cheias de espinhos para beber o sangue de vertebrados, incluindo humanos. Algumas espécies são capazes de atacar e perfurar a pele de bichos ainda maiores, como elefantes.
MARIPOSA VAMPIRO - Calyptra thalictri

terça-feira, 4 de julho de 2017

Sustentabilidade - Garrafas Em Forma De Tijolo

Garrafa-tijolo - Um Brinde à Sustentabilidade Pensada Nos Anos 60!



Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções -  Antes que o conceito de sustentabilidade fosse difundido pelo mundo, em 1963, o holandês Alfred Heineken já visualizava estratégias para dar novas utilidades às garrafas de cerveja após a bebida ser consumida. A opção sugerida por ele era que elas fossem feitas no formato de tijolos, para serem reaproveitadas na construção civil.
Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções 
Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções -
Antes que o conceito de sustentabilidade fosse difundido pelo mundo, em 1963, o holandês Alfred Heineken já visualizava estratégias para dar novas utilidades às garrafas de cerveja após a bebida ser consumida. A opção sugerida por ele era que elas fossem feitas no formato de tijolos, para serem reaproveitadas na construção civil.

Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções -  Antes que o conceito de sustentabilidade fosse difundido pelo mundo, em 1963, o holandês Alfred Heineken já visualizava estratégias para dar novas utilidades às garrafas de cerveja após a bebida ser consumida. A opção sugerida por ele era que elas fossem feitas no formato de tijolos, para serem reaproveitadas na construção civil.
Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções 
A ideia surgiu quando Heineken fez uma viagem à ilha caribenha de Curaçao. Lá ele avistou muitas garrafas descartadas na praia, por causa da falta de dinheiro para que os engradados fossem devolvidos às plantas de engarrafamento. A outra preocupação do holandês era com a escassez de materiais de construção em preços acessíveis à classe baixa.


Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções -  Antes que o conceito de sustentabilidade fosse difundido pelo mundo, em 1963, o holandês Alfred Heineken já visualizava estratégias para dar novas utilidades às garrafas de cerveja após a bebida ser consumida. A opção sugerida por ele era que elas fossem feitas no formato de tijolos, para serem reaproveitadas na construção civil.
Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções 
O empresário considerou esses dois pontos e então contratou o arquiteto holandês John Habraken para auxiliar a criar uma espécie de garrafa tijolo. Foram necessários três anos até que o modelo, chamado de Wobo, ficasse pronto. O projeto considerou tudo o que era possível para baratear a construção, por isso os engradados tinham o formato adequado para se encaixarem uns aos outros, reduzindo assim o uso de argamassa.

Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções -  Antes que o conceito de sustentabilidade fosse difundido pelo mundo, em 1963, o holandês Alfred Heineken já visualizava estratégias para dar novas utilidades às garrafas de cerveja após a bebida ser consumida. A opção sugerida por ele era que elas fossem feitas no formato de tijolos, para serem reaproveitadas na construção civil.
Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções 
As garrafas eram realmente capazes de exercer a função dos tijolos. Com mil Wobos era possível construir um abrigo de 33 metros quadrados. Em 1963, quando as garrafas surgiram, a fábrica holandesa produziu cem mil delas, em dois tamanhos: 350 e 500 ml, para tornar o uso mais eficiente.

A ideia foi bastante inovadora, no entanto não teve continuidade. Hoje elas são consideradas relíquias, encontradas apenas nas mãos de colecionadores ou no museu da marca em Amsterdã. No entanto, existem duas construções feitas com o material, que comprovam a veracidade da informação e a utilidade das garrafas, ambas estão localizadas em propriedades da Heineken na Holanda.

Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções -  Antes que o conceito de sustentabilidade fosse difundido pelo mundo, em 1963, o holandês Alfred Heineken já visualizava estratégias para dar novas utilidades às garrafas de cerveja após a bebida ser consumida. A opção sugerida por ele era que elas fossem feitas no formato de tijolos, para serem reaproveitadas na construção civil.
Garrafa de cerveja criada em forma de tijolo para ser usada em construções 


Fonte:http://arquitetoroger.blogspot.com.br/2012/08/ha-50-anos-heineken-produzia-garrafa.html

segunda-feira, 3 de julho de 2017

FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO

FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO - UMA DAS RAÇAS MAIS LINDAS DE CÃES

Divertido, aventureiro, alerta, independente, inteligente, teimoso, travesso e obstinado. Tudo isso descreve o Husky Siberiano. Essa raça adora correr sempre que pode. Geralmente se dá bem com outros cães da casa. Na verdade, ele é um cão muito social que precisa da companhia de outros cães ou de seres humanos. Ele pode caçar gatos ou gado. Alguns uivam, cavam e roem.
FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO
Divertido, aventureiro, alerta, independente, inteligente, teimoso, travesso e obstinado. Tudo isso descreve o Husky Siberiano. Essa raça adora correr sempre que pode. Geralmente se dá bem com outros cães da casa. Na verdade, ele é um cão muito social que precisa da companhia de outros cães ou de seres humanos. Ele pode caçar gatos ou gado. Alguns uivam, cavam e roem.
(Retirado de: tudosobrecachorros.com.br)

VEJA TAMBÉM: http://mundoanimalevidaselvagem.blogspot.com.br/2016/05/husky-siberiano-conheca-esta-raca-canina.html

Divertido, aventureiro, alerta, independente, inteligente, teimoso, travesso e obstinado. Tudo isso descreve o Husky Siberiano. Essa raça adora correr sempre que pode. Geralmente se dá bem com outros cães da casa. Na verdade, ele é um cão muito social que precisa da companhia de outros cães ou de seres humanos. Ele pode caçar gatos ou gado. Alguns uivam, cavam e roem.
FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO


Divertido, aventureiro, alerta, independente, inteligente, teimoso, travesso e obstinado. Tudo isso descreve o Husky Siberiano. Essa raça adora correr sempre que pode. Geralmente se dá bem com outros cães da casa. Na verdade, ele é um cão muito social que precisa da companhia de outros cães ou de seres humanos. Ele pode caçar gatos ou gado. Alguns uivam, cavam e roem.
FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO

Divertido, aventureiro, alerta, independente, inteligente, teimoso, travesso e obstinado. Tudo isso descreve o Husky Siberiano. Essa raça adora correr sempre que pode. Geralmente se dá bem com outros cães da casa. Na verdade, ele é um cão muito social que precisa da companhia de outros cães ou de seres humanos. Ele pode caçar gatos ou gado. Alguns uivam, cavam e roem.
FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO


Divertido, aventureiro, alerta, independente, inteligente, teimoso, travesso e obstinado. Tudo isso descreve o Husky Siberiano. Essa raça adora correr sempre que pode. Geralmente se dá bem com outros cães da casa. Na verdade, ele é um cão muito social que precisa da companhia de outros cães ou de seres humanos. Ele pode caçar gatos ou gado. Alguns uivam, cavam e roem.
FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO

Divertido, aventureiro, alerta, independente, inteligente, teimoso, travesso e obstinado. Tudo isso descreve o Husky Siberiano. Essa raça adora correr sempre que pode. Geralmente se dá bem com outros cães da casa. Na verdade, ele é um cão muito social que precisa da companhia de outros cães ou de seres humanos. Ele pode caçar gatos ou gado. Alguns uivam, cavam e roem.
FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO

Divertido, aventureiro, alerta, independente, inteligente, teimoso, travesso e obstinado. Tudo isso descreve o Husky Siberiano. Essa raça adora correr sempre que pode. Geralmente se dá bem com outros cães da casa. Na verdade, ele é um cão muito social que precisa da companhia de outros cães ou de seres humanos. Ele pode caçar gatos ou gado. Alguns uivam, cavam e roem.
FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO

Divertido, aventureiro, alerta, independente, inteligente, teimoso, travesso e obstinado. Tudo isso descreve o Husky Siberiano. Essa raça adora correr sempre que pode. Geralmente se dá bem com outros cães da casa. Na verdade, ele é um cão muito social que precisa da companhia de outros cães ou de seres humanos. Ele pode caçar gatos ou gado. Alguns uivam, cavam e roem.
FILHOTES FOFOS - HUSKY SIBERIANO



POSTO DE SAÚDE ANIMAL - PREFEITURA DO RIO

Os donos de animais de estimação ganharam seu primeiro Posto de Saúde Animal da Zona Oeste do Rio.


Os donos de animais de estimação ganharam seu primeiro Posto de Saúde Animal da Zona Oeste do Rio.
INAUGURADO O PRIMEIRO POSTO DE SAÚDE ANIMAL DA ZONA OESTE DO RIO

A Prefeitura do Rio inaugurou no último dia 23,(06/2017) o primeiro Posto de Saúde Animal da Zona Oeste.
Segundo a Secretaria de Bem-estar Animal, o posto tem capacidade para 30 castrações/dia, além de atendimento clínico aos bichinhos, que ainda será implantado. São cinco profissionais trabalhando no novo espaço, que conta com oito salas refrigeradas, incluindo uma recepção.
Todos os serviços são gratuitos.

O Posto de Saúde Animal funciona em contêineres alojados na Praça Serafim de Oliveira, em Bangu. E funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h.
A Prefeitura do Rio, estuda um local para erguer um hospital para animais.

Uma castração numa clínica particular custa até R$1000. Portanto, mesmo para os moradores mais afastados do local, vale o deslocamento até o Posto de Saúde Animal.

NOTA:
Bem, a informação está dada. Mas, por se tratar de um serviço novo, ainda não tenho informação se ele funciona bem, ou não. Caso alguém saiba mais, colabore compartilhando conosco, por favor. Grata!
Segundo a Secretaria de Bem-estar Animal, o posto tem capacidade para 30 castrações/dia, além de atendimento clínico aos bichinhos, que ainda será implantado. São cinco profissionais trabalhando no novo espaço, que conta com oito salas refrigeradas, incluindo uma recepção. Todos os serviços são gratuitos.  O Posto de Saúde Animal funciona em contêineres alojados na Praça Serafim de Oliveira, em Bangu. E funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h. A Prefeitura do Rio, estuda um local para erguer um hospital para animais.
Posto de Saúde Animal funciona em contêineres alojados na Praça Serafim de Oliveira, em Bangu. 

Outras informações:
Central de Atendimento ao Cidadão - 1746.

Subsecretaria de Bem-estar Animal - http://prefeitura.rio/web/subem

Há ainda uma nova forma de agendamento de castração, mas esta, exclusiva para protetores cadastrados na Subsecretaria de Bem-estar Animal, que é através do WhatsApp 21 97029-3330. Este número é exclusivo para atendimento via WhatsApp, não sendo possível receber ligações. Atendimento exclusivo para protetores.

Fonte da informação: http://prefeitura.rio/web/subem/exibeconteudo?id=7116173

quarta-feira, 14 de junho de 2017

TARTARUGAS DEFORMADAS

TARTARUGAS DEFORMADAS POR LACRES E ARGOLAS - A PROBLEMÁTICA DO LIXO NOSSO DE CADA DIA  

Embora os objetos sejam produzidos de forma a serem rapidamente descartados, os materiais que os compõem estão cada vez mais resistentes, quase indestrutíveis.  E sua permanência no nosso meio ambiente, senão mata, então envenena, fere, deforma e causa diversas mutações irreversíveis que ameaçam a sobrevivências da fauna e flora do planeta.
16 de Junho, Dia Internacional da Tartaruga Marinha
Tartarugas são animais bastante resistentes e de vida longa. Infelizmente, o nosso lixo tem essas mesmas características. Embora os objetos sejam produzidos de forma a serem rapidamente descartados, os materiais que os compõem estão cada vez mais resistentes, quase indestrutíveis. 
E sua permanência no nosso meio ambiente, senão mata, então envenena, fere, deforma e causa diversas mutações irreversíveis que ameaçam a sobrevivências da fauna e flora do planeta. 

Umas dessas consequências são os lacres, argolas e outros objetos descartados sem os devidos cuidados, que prendendo-se às tartarugas e deformam seus corpos.
Mas não é apenas por fora que o lixo prejudica as tartarugas. Por confundirem certos materiais, principalmente os restos de sacolas plásticas, com algas e outros de seus alimentos, inúmeras tartarugas são encontradas mortas com o lixo alojado nos estômagos.

Dia 16 de Junho é o Dia Internacional da Tartaruga Marinha, mas independentemente disso, cada vez mais se faz necessária a prática do consumo consciente e a de dar fins adequados ao que descartamos.
Embora os objetos sejam produzidos de forma a serem rapidamente descartados, os materiais que os compõem estão cada vez mais resistentes, quase indestrutíveis.  E sua permanência no nosso meio ambiente, senão mata, então envenena, fere, deforma e causa diversas mutações irreversíveis que ameaçam a sobrevivências da fauna e flora do planeta.
TARTARUGAS DEFORMADAS POR LACRES E ARGOLAS 

Umas dessas consequências são os lacres, argolas e outros objetos descartados sem os devidos cuidados, que prendendo-se às tartarugas e deformam seus corpos. Mas não é apenas por fora que o lixo prejudica as tartarugas. Por confundirem certos materiais, principalmente os restos de sacolas plásticas, com algas e outros de seus alimentos, inúmeras tartarugas são encontradas mortas com o lixo alojado nos estômagos.
TARTARUGAS DEFORMADAS POR LACRES E ARGOLAS 

Umas dessas consequências são os lacres, argolas e outros objetos descartados sem os devidos cuidados, que prendendo-se às tartarugas e deformam seus corpos. Mas não é apenas por fora que o lixo prejudica as tartarugas. Por confundirem certos materiais, principalmente os restos de sacolas plásticas, com algas e outros de seus alimentos, inúmeras tartarugas são encontradas mortas com o lixo alojado nos estômagos.
TARTARUGAS DEFORMADAS POR LACRES E ARGOLAS 

Umas dessas consequências são os lacres, argolas e outros objetos descartados sem os devidos cuidados, que prendendo-se às tartarugas e deformam seus corpos. Mas não é apenas por fora que o lixo prejudica as tartarugas. Por confundirem certos materiais, principalmente os restos de sacolas plásticas, com algas e outros de seus alimentos, inúmeras tartarugas são encontradas mortas com o lixo alojado nos estômagos.
TARTARUGAS DEFORMADAS POR LACRES E ARGOLAS 

Dia 16 de Junho é o Dia Internacional da Tartaruga Marinha, mas independentemente disso, cada vez mais se faz necessária a prática do consumo consciente e a de dar fins adequados ao que descartamos.
TARTARUGAS DEFORMADAS POR LACRES E ARGOLAS 

Dia 16 de Junho é o Dia Internacional da Tartaruga Marinha, mas independentemente disso, cada vez mais se faz necessária a prática do consumo consciente e a de dar fins adequados ao que descartamos.

TARTARUGAS DEFORMADAS POR LACRES E ARGOLAS 


Dia 16 de Junho é o Dia Internacional da Tartaruga Marinha, mas independentemente disso, cada vez mais se faz necessária a prática do consumo consciente e a de dar fins adequados ao que descartamos.
TARTARUGAS DEFORMADAS POR LACRES E ARGOLAS 

Dia 16 de Junho é o Dia Internacional da Tartaruga Marinha, mas independentemente disso, cada vez mais se faz necessária a prática do consumo consciente e a de dar fins adequados ao que descartamos.
TARTARUGAS DEFORMADAS POR LACRES E ARGOLAS 

http://mundoanimalevidaselvagem.blogspot.com/

terça-feira, 30 de maio de 2017

IDEIAS CRIATIVAS PARA CACTOS, SUCULENTAS E MINI-JARDINS

Veja Algumas Ideias Simples, Práticas e Criativas Para Cactos, Suculentas e Mini-jardins em Pequenos Espaços

Quer plantar cactos e suculentas, mas não se desapega da ideia de não ter espaço em casa? Então, seus problemas acabaram!
Veja que em qualquer objeto, por menor que seja, você pode sim montar um belo e delicado mini jardim que cabe em qualquer espacinho.

Para início de conversa, não tenha medo de misturar cactos e suculentas, além de pertencerem a mesma família de plantas, elas compartilham também da pouca exigência de água e da mesma quantidade de Sol para a sobrevivência. 
Escolha locais próximos às janelas para manter seus cactos e suculentas, o Sol é indispensável para elas se mantenhas vivas e saudáveis. 

Por serem plantas que exigem poucos cuidados, irrigação mínima e quantidade de terra insignificante para se enraizar, elas podem ser plantadas em recipientes aparentemente impensáveis!
Sendo assim, o recipiente a recebê-las sequer precisar ter orifícios.  De modo que se torna possível até cultivar uma planta em uma colher ou fazer de uma simples caixa de ovo, um lindo mini jardim.

Confira nas imagens, as ideias que encontrei, de objetos que se encontram disponíveis em qualquer casa e que cabem em qualquer lugar dela.

Para início de conversa, não tenha medo de misturar cactos e suculentas, além de pertencerem a mesma família de plantas, elas compartilham também da pouca exigência de água e da mesma quantidade de Sol para a sobrevivência.  Escolha locais próximos às janelas para manter seus cactos e suculentas, o Sol é indispensável para elas se mantenhas vivas e saudáveis.
Mini-jardim de suculentas em concha do mar


Por serem plantas que exigem poucos cuidados, irrigação mínima e quantidade de terra insignificante para se enraizar, elas podem ser plantadas em recipientes aparentemente impensáveis! Sendo assim, o recipiente a recebê-las sequer precisar ter orifícios.  De modo que se torna possível até cultivar uma planta em uma colher ou fazer de uma simples caixa de ovo, um lindo mini jardim.
Mini-jardim de cactos e suculentas em carrinho de brinquedo

Por serem plantas que exigem poucos cuidados, irrigação mínima e quantidade de terra insignificante para se enraizar, elas podem ser plantadas em recipientes aparentemente impensáveis! Sendo assim, o recipiente a recebê-las sequer precisar ter orifícios.  De modo que se torna possível até cultivar uma planta em uma colher ou fazer de uma simples caixa de ovo, um lindo mini jardim.
Mini-jardim criado em concha de feijão

Confira nas imagens, as ideias que encontrei, de objetos que se encontram disponíveis em qualquer casa e que cabem em qualquer lugar dela.
Cactos e suculentas plantadas em rolhas de cortiça 

Confira nas imagens, as ideias que encontrei, de objetos que se encontram disponíveis em qualquer casa e que cabem em qualquer lugar dela.
Suculentas plantadas em tijolos de barro maciços 

Por serem plantas que exigem poucos cuidados, irrigação mínima e quantidade de terra insignificante para se enraizar, elas podem ser plantadas em recipientes aparentemente impensáveis! Sendo assim, o recipiente a recebê-las sequer precisar ter orifícios.  De modo que se torna possível até cultivar uma planta em uma colher ou fazer de uma simples caixa de ovo, um lindo mini jardim.  Confira nas imagens, as ideias que encontrei, de objetos que se encontram disponíveis em qualquer casa e que cabem em qualquer lugar dela.
Suculentas plantadas em caixa de ovos 

Por serem plantas que exigem poucos cuidados, irrigação mínima e quantidade de terra insignificante para se enraizar, elas podem ser plantadas em recipientes aparentemente impensáveis! Sendo assim, o recipiente a recebê-las sequer precisar ter orifícios.  De modo que se torna possível até cultivar uma planta em uma colher ou fazer de uma simples caixa de ovo, um lindo mini jardim.  Confira nas imagens, as ideias que encontrei, de objetos que se encontram disponíveis em qualquer casa e que cabem em qualquer lugar dela.
Suculentas em tijolo de barro vasado

Por serem plantas que exigem poucos cuidados, irrigação mínima e quantidade de terra insignificante para se enraizar, elas podem ser plantadas em recipientes aparentemente impensáveis! Sendo assim, o recipiente a recebê-las sequer precisar ter orifícios.  De modo que se torna possível até cultivar uma planta em uma colher ou fazer de uma simples caixa de ovo, um lindo mini jardim.  Confira nas imagens, as ideias que encontrei, de objetos que se encontram disponíveis em qualquer casa e que cabem em qualquer lugar dela.
Suculentas em tijolo de barro maciço

Quer plantar cactos e suculentas, mas não se desapega da ideia de não ter espaço em casa? Então, seus problemas acabaram! Veja que em qualquer objeto, por menor que seja, você pode sim montar um belo mini jardim.  Para início de conversa, não tenha medo de misturar cactos e suculentas, além de pertencerem a mesma família de plantas, elas compartilham também da pouca exigência de água e da mesma quantidade de Sol para a sobrevivência.  Escolha locais próximos às janelas para manter seus cactos e suculentas, o Sol é indispensável para elas se mantenhas vivas e saudáveis.
Suculentas plantadas em rolha de cortiça 

Quer plantar cactos e suculentas, mas não se desapega da ideia de não ter espaço em casa? Então, seus problemas acabaram! Veja que em qualquer objeto, por menor que seja, você pode sim montar um belo mini jardim.  Para início de conversa, não tenha medo de misturar cactos e suculentas, além de pertencerem a mesma família de plantas, elas compartilham também da pouca exigência de água e da mesma quantidade de Sol para a sobrevivência.  Escolha locais próximos às janelas para manter seus cactos e suculentas, o Sol é indispensável para elas se mantenhas vivas e saudáveis.
Suculentas plantadas em xícaras 

CACTOS, SUCULENTAS E AGAVES - PLANTAS QUE MORAM JUNTAS
Essas plantas tão diferentes compartilham bem mais entre si do que imaginamos.
Mas, para cultivar, é bom saber identificar cada uma delas. Bora ver o que as torna semelhantes e o que as diferencia?
Então, vamos lá!


Frequentemente, encontramos cactos e suculentas compartilhando do mesmo vaso. Essa união  sempre me pareceu um tanto incompatível. Ledo engano. Cactos, suculentas e agaves podem morar juntas, sim!  Ao contrário do que pode parecer, as suculentas são plantas de áreas secas, quase desérticas e, como tal, armazenam água em seu interior, exatamente como os cactos e as agaves.
Cactos, suculentas e agaves - diferentes tipos de plantas suculentas
Frequentemente, encontramos cactos e suculentas compartilhando do mesmo vaso. Essa união 
sempre me pareceu um tanto incompatível. Ledo engano. Cactos, suculentas e agaves podem morar juntas, sim! 
Ao contrário do que pode parecer, as suculentas são plantas de áreas secas, quase desérticas e, como tal, armazenam água em seu interior, exatamente como os cactos e as agaves.


Cactos, suculentas e agaves compartilham do enorme gosto por Sol, calor, aridez e secura. E todas são plantas suculentas.

Todo cacto é uma planta suculenta, mas nem todas suculentas são cactos, elas são apenas aparentadas deles. Enquanto os cactos são originários das Américas, as suculentas se originam da África e de Madagascar. Elas costumam ter folhas, e eles são formados, quase sempre, apenas por caules espinhentos, podendo ter alguma ramificação ou não. 
As agaves também são plantas sulentas. 
Pode não parecer, mas essas plantas rústicas, resistentes e de folhas super pontiagudas, são suculentas, porém, de um tipo fibroso, com aparência bem diferente das nossas conhecidas suculentas. Assim como os cactos, e diferentes das suculentas macias, as agaves são originárias das Américas. 
As agaves são utilizadas para fins ornamentais, para a produção de sisal(fibra usada para a confecção de cordas, tapetes...) e da tequila(bebida típica do México).  

CACTOS

Os cactos(Cactaceae) são facilmente reconhecidos, embora sejam encontrados em diversas formas e tamanhos, como todos sabemos, eles são caracterizados por terem espinhos à sua volta, e quase nunca possuem folhas.  Suas flores são belas, porém, raras. É possível ver muitas imagens de cactos floridos, mas, na prática, eles levam anos e anos para florescer. Portanto, quem os cultiva, não o faz aguardando por sua floração, mas sim, por suas peculiaridades, pela praticidade do cultivo ou, principalmente, por amar cactos.
Cactos (Cactaceae) - planta suculenta
Os cactos(Cactaceae) são facilmente reconhecidos, embora sejam encontrados em diversas formas e tamanhos, como todos sabemos, eles são caracterizados por terem espinhos à sua volta, e quase nunca possuem folhas.  Suas flores são belas, porém, raras. É possível ver muitas imagens de cactos floridos, mas, na prática, eles levam anos e anos para florescer. Portanto, quem os cultiva, não o faz aguardando por sua floração, mas sim, por suas peculiaridades, pela praticidade do cultivo ou, principalmente, por amar cactos.
Alerta: É comum encontrarmos cactos à venda já com pequenas flores. Desconfie dessas florações, elas costumam ser falsas! 
Alguns lojistas simplesmente espetam flores de Sempre-vivas nos cactos, elas são tingidas de várias cores e usadas para atrair a atenção do cliente, que pensa ter encontrado uma planta já em estado avançado cultivo, quando, na verdade, está levando uma ainda jovem e distante da fase do florescimento. 
Notem que as flores de cactos possuem pétalas macias, delicadas e sedosas, bem diferentes das Sempre-vivas, que são pequenas e secas.

SUCULENTAS

Entre as suculentas mais conhecidas encontram-se o Saião (Kalanchoe brasiliensis) utilizado popularmente para fins medicinais contra problemas respiratórios. A Babosa (aloe vera) de uso dermatológico e alimentício. A Onze-horas (Portulaca Grandiflora) de uso ornamental. A Beldroega (Portulaca oleracea) de uso ornamental e alimentício. A Flor-de-maio (Schlumbergera truncata) de uso ornamental. Essas entre outras.
Plantas suculentas
As suculentas, no entanto, mesmo havendo muitas à nossa volta e sendo algumas delas bastante conhecidas por todos, nem sempre nos damos conta de estarmos diante de uma delas. Geralmente, essas são plantas de tamanho pequeno, rasteiras,  a maioria se espalha e floresce com facilidade. Possuem folhas gordinhas, macias e de interior gelatinoso ou aquoso. Simplificando, são plantas de folhas suculentas. 
Embora algumas suculentas possuam terminações semelhantes a espinhos em suas folhas, estes não se tratam de espinhos, mas sim de uma defesa bem menos eficiente que a dos cactos.  

Entre as suculentas mais conhecidas encontram-se o Saião (Kalanchoe brasiliensis) utilizado popularmente para fins medicinais contra problemas respiratórios. A Babosa (aloe vera) de uso dermatológico e alimentício. A Onze-horas (Portulaca Grandiflora) de uso ornamental. A Beldroega (Portulaca oleracea) de uso ornamental e alimentício. A Flor-de-maio (Schlumbergera truncata) de uso ornamental. Essas e outras. 


AGAVES

Se você é daquelas pessoas que deixa as plantas esturricando no Sol, esquecendo de regá-las, então  seu tipo de planta são as agaves.  Sua folhas são em forma de espadas, são fibrosas, longas e pontiagudas, podendo ter as laterais serrilhadas ou não. Seu crescimento é lento. Algumas dessas plantas florescem apenas uma vez na vida, e pode levar mais de 10 anos para isso acontecer.
Agaves - planta suculenta fibrosa
Se você é daquelas pessoas que deixa as plantas esturricando no Sol, esquecendo de regá-las, então  seu tipo de planta são as agaves. 
Sua folhas são em forma de espadas, são fibrosas, longas e pontiagudas, podendo ter as laterais serrilhadas ou não. Seu crescimento é lento.
Algumas dessas plantas florescem apenas uma vez na vida, e pode levar mais de 10 anos para isso acontecer.
Assim como seus parentes espinhosos, as agaves são plantas do deserto e não necessitam de muita rega. O excesso de umidade apodrece a planta. No Verão, podemos regá-la com mais frequência, mas, no Inverno, basta regá-la de dois em dois meses 
Das 183 espécies de agaves, uma bastante conhecida de nós é a espada-de-são-jorge, e as mais largamente cultivadas são:  Agave sisalana (para produção de sisal), Agave tequilana (para a produção de tequila) e Agave americana e Agave attenuata para fins ornamentais.


Cactos, suculentas e agaves são plantas pouco exigentes, necessitando, basicamente, de água e luz solar para viver.  Como recomendação geral, elas devem ser regadas apenas uma vez por semana, isso no Verão. Já no Inverno, a rega se reduz a uma vez a cada duas semanas, e sempre em quantidade suficiente para apenas umedecer a terra, sem encharcá-la.  O critério de regra deve ainda observar o quanto a planta permanece sob o Sol. De forma que, aquelas que raramente recebem luz solar, necessitam de uma menor quantidade d'água.  Só não se esqueça que a luz do Sol é essencial à essas plantas.


Cuidados com a rega de cactos, suculentas e agaves

Cactos, suculentas e agaves são plantas pouco exigentes, necessitando, basicamente, de água e luz solar para viver. 
Como recomendação geral, elas devem ser regadas apenas uma vez por semana, isso no Verão. Já no Inverno, a rega se reduz a uma vez a cada duas semanas, e sempre em quantidade suficiente para apenas umedecer a terra, sem encharcá-la. 
O critério de regra deve ainda observar o quanto a planta permanece sob o Sol. De forma que, aquelas que raramente recebem luz solar, necessitam de uma menor quantidade d'água. 
Só não se esqueça que a luz do Sol é essencial à essas plantas.

Essa quantidade de água pode parecer pouca, mas acreditem, é mais fácil matar essas plantas afogadas que matar de sede. Já vi vários cactos derreterem em minhas mãos, isso porque não resisti à tentação de regá-los com frequência maior que a necessária. 
É o clima de deserto que os favorece; Sol e solo arenoso, porque água tem de sobra em seu interior suculento. 
Assim como seus parentes espinhosos, as agaves são plantas do deserto e não necessitam de muita rega. O excesso de umidade apodrece a planta. No Verão, podemos regá-la com mais frequência, mas, no Inverno, basta regá-la de dois em dois meses  Das 183 espécies de agaves, uma bastante conhecida de nós é a espada-de-são-jorge, e as mais largamente cultivadas são:  Agave sisalana (para produção de sisal), Agave tequilana (para a produção de tequila) e Agave americana e Agave attenuata para fins ornamentais.
Agave - planta suculenta fibrosa


Espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata) - planta suculenta fibrosa



Sempre-vivas - flores que, além de outros usos, costumam ser usadas por alguns lojistas para simular uma floração natural dos mini-cactos e assim atrair compradores.
Sempre-vivas - flores que, além de outros usos, costumam ser usadas por alguns lojistas para simular uma floração natural dos mini-cactos e assim atrair compradores. 

Babosa(Aloe vera) - planta suculenta, de uso dermatológico e alimentício.
Babosa(Aloe vera) - planta suculenta, de uso dermatológico e alimentício. 

Saião (Kalanchoe brasiliensis) - planta suculenta,  utilizado popularmente para fins medicinais contra problemas respiratórios.
Saião (Kalanchoe brasiliensis) - planta suculenta,  utilizado popularmente para fins medicinais contra problemas respiratórios.


Beldroega (Portulaca oleracea) - planta suculenta, de uso ornamental e alimentício.
Beldroega (Portulaca oleracea) - planta suculenta, de uso ornamental e alimentício. 

Flor-de-maio - planta suculenta, de uso ornamental.
Flor-de-maio - planta suculenta, de uso ornamental.


Onze-horas (Portulaca grandiflora) - planta suculenta, de uso ornamental.
Onze-horas (Portulaca grandiflora) - planta suculenta, de uso ornamental.


http://vidasuculenta.blogspot.com.br/,wikipedia, casa.abril.com.br/,