terça-feira, 22 de novembro de 2016

COBRAS VENENOSAS

CONHEÇA ALGUMAS DAS COBRAS MAIS PEÇONHENTAS E COMUNS NAS AMÉRICAS


Cobras venenosas são aquelas que representam risco de acidentes, pela picada, e cujo veneno ocasiona diversos sintomas. Podem conduzir à morte caso não haja tratamento específico adequado. É importante que o tratamento seja rápido e realizado por profissionais de saúde qualificados, em unidades de atendimento médico especializadas.

A característica mais importante a ser observada nas cobras é a presença da fosseta loreal (orifício entre o olho e a narina) existente em todas as serpentes peçonhentas das Américas, com exceção das corais verdadeiras. No entanto, é recomendado que se mantenha distância de quaisquer cobras.

Cascavel (Crotalus durissus)

Cascavel - cobras peçonhentas das Américas
Cascavel
Serpente peçonhenta que habita áreas abertas, como campos e cerrados. É vivípara e se caracteriza por possuir um chocalho na ponta da cauda, formado por diversos guizos. Cada muda acrescenta um novo guizo, e o número de guizos, portanto, não representa a idade da serpente em anos. Além disso, especialmente nas cascavéis mais velhas, os guizos terminais frequentemente se perdem, de modo que o número total de guizos não indica nem o número total de mudas.







Coral Verdadeira (Micrurus sp)

Cobra Coral Verdadeira
Cobra coral
São serpentes peçonhentas normalmente pequenas e de colorido vistoso, com anéis vermelhos, pretos e brancos ou amarelos em sequências diversas. Possuem hábitos fossoriais (vivem embaixo da terra) e são ovíparas.










Jararaca (Bothrops jararaca)

Jararaca - cobras peçonhentas das Américas
Jararaca
Serpente peçonhenta, pertencente ao grupo que mais causa acidente no Brasil. Vive em matas, porém se adapta muito bem as áreas urbanas e próximas à cidade.  Vivípara, vive em ambientes preferencialmente úmidos, como beira de rios e córregos, onde também se encontram ratos e sapos, seus alimentos preferidos. Dorme durante o dia debaixo de folhagens secas e úmidas.








Jararacuçu (Bothrops jararacussu)

Jararacuçu - cobras peçonhentas das Américas
Jararacuçu
Serpente venenosa que pertence à família dos viperídeos e pode chegar dois metros de comprimento. Na língua tupi-guarani, "jarara" significa “o bote da cobra”, e "uçu” ou “ussu" grande, longo. Assim, jararacuçu lembra a longa distância que a cobra pode atingir ao dar o bote. A espécie é considerada muito perigosa, pois sua picada pode injetar uma grande quantidade de veneno. Possui uma dieta composta principalmente por pequenos mamíferos, aves e anfíbios.







Surucucu pico de jaca (Lachesis muta)

Surucucu pico de jaca (Lachesis muta)
Surucucu pico de jaca
É a maior serpente peçonhenta das Américas. Pode ultrapassar 4 metros de comprimento. Vive em matas primárias e, diferentes dos outros viperídeos (família de serpentes venenosas) brasileiros, são ovíparas. 











(Fonte: http://www.ivb.rj.gov.br/cobras_venenosas.html)


VEJA TAMBÉM : 
http://mundoanimalevidaselvagem.blogspot.com.br/2016/11/como-diferenciar-cobras-venenosas-das.html

http://mundoanimalevidaselvagem.blogspot.com.br/2016/11/cobras-nao-peconhentas.html

Nenhum comentário: