sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

TRÁFICO DE ANIMAIS - Uma Condenação Para Diversas Espécieis Silvestres

TRÁFICO DE ANIMAIS SILVESTRES - QUEM VENDE, CONDENA , E QUEM COMPRA, SUSTENTA A CONDENAÇÃO.


PARA ONDE VÃO AS ESPÉCIES CAÇADAS E VENDIDAS ILEGALMENTE ?

É um felino de porte grande, com peso variando de 56 a 92 kg, podendo ter até 158 kg, e comprimento variando de 1,12 a 1,85 m sem a cauda, que é relativamente curta. Assemelha-se ao leopardo fisicamente; diferencia-se dele, porém, pelo padrão de manchas na pele e pelo tamanho maior. Existem indivíduos totalmente pretos. Tem uma mordida excepcionalmente poderosa, mesmo em relação aos outros grandes felinos.
Onça-pintada, o maior felino das Américas. Extinta em diversas regiões e ameaçada em tantas outras.

Depois do tráfico de drogas e de armas, que movimentam mais de US$10 bilhões por ano, sendo 1,5 bilhões apenas no Brasil, a atividade ilícita mais lucrativa de todo o planeta é o tráfico de animais silvestres .
Tráfico de animais é o comércio ilegal de animais retirados da natureza e movimenta o mercado da caça ilegal.

PARA ONDE VÃO AS ESPÉCIES CAÇADAS E VENDIDAS ILEGALMENTE ?
A grande maioria vai para o lixo ! A cada 10 animais que são capturadas, 9 morrem durante a captura, o transporte ou no cativeiro.
Restos de animais silvestres
A grande maioria vai para o lixo !
A cada 10 animais que são capturadas, 9 morrem durante a captura, o transporte ou no cativeiro.

De acordo com o relatório da Renctas, Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, os principais destinatários do comércio ilegal de vida silvestre são:
Os zoológicos e colecionadores particulares;
O uso científico/ biopirataria;
Os petshops;
E para produtos e subprodutos (peles, penas, carne, ossos, dentes, marfins, chifres, presas, membros...)


De acordo com o relatório da Renctas, Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, os principais destinatários do comércio ilegal de vida silvestre são: Os zoológicos e colecionadores particulares;  O uso científico/ biopirataria;  Os petshops;  E para produtos e subprodutos (peles, penas, carne, ossos, dentes, marfins, chifres, presas, membros...)
Capivaras sem cabeça
Embora muitos dos animais capturados dentro do território brasileiro sejam destinados a comercialização fora do país, o comércio interno é muito maior, sendo 95% dos animais silvestres capturados ilegalmente vendidos dentro do Brasil. As principais rotas são as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.







Onça-pintada, o maior felino das Américas. Extinta em diversas regiões e ameaçada em tantas outras.
Cabeças de onças-pintadas
Não podemos esquecer
que é tanto por haver compradores quanto pela fragilidade das leis brasileiras de crimes ambientais, que o tráfico se mantém em alta.
Com penas previstas para serem inferiores a 2 anos de detenção e afiançáveis, aqueles que são flagrados cometendo tais crimes, não são presos, apenas realizam os procedimentos previstos em lei e são liberados. E, como o valor da multa a ser paga é insignificante diante do montante que o tráfico gera, logo eles retornam às suas atividades ilegais, normalmente.

Com penas previstas para serem inferiores a 2 anos de detenção e afiançáveis, aqueles que são flagrados cometendo tais crimes, não são presos, apenas realizam os procedimentos previstos em lei e são liberados. E, como o valor da multa a ser paga é insignificante diante do montante que o tráfico gera, logo eles retornam às suas atividades ilegais, normalmente.
Jacaré sendo aberto




Nenhum comentário: